Al-Ahli frustra brasileiros e recusa volta de Everton Ribeiro ao Brasil

Clube dos Emirados Árabes Unidos descarta a possibilidade de o meia-atacante de 27 anos retornar ao futebol nacional na atual temporada

O sonho de repatriar Everton Ribeiro terá que ser adiado. Cruzeiro, Flamengo, Palmeiras e São Paulo demonstraram interesse na contratação do meia-atacante do Al-Ahli. O presidente do comitê gestor do clube, no entanto, descartou a possibilidade de liberá-lo.

Em entrevisa ao canal MBC, dos Emirados Árabes Unidos, Khalifa Suleiman assegurou que o atleta não deixará o time de Dubai. Ele alega ausência de atletas do mesmo nível para segurar o jogador de 27 anos:

"O Everton Ribeiro continua com o Al-Ahli. Nós não vamos contratar jogadores na próxima temporada por falta de matéria-prima melhor do que os jogadores que já temos no Al-Ahli", afirmou.

Em março, Robson Ferreira, empresário de Everton Ribeiro, revelou que o atleta estaria próximo de um retorno ao futebol brasileiro. A situação, contudo, não vingou e o jogador permanecerá no time que o contratou em janeiro de 2015 e com o qual tem vínculo até janeiro de 2019.