Alívio! Grêmio bate o Ceará e respira na luta para fugir do Z4 do Campeonato Brasileiro

·2 minuto de leitura


Na manhã deste domingo, o Grêmio recebeu o Ceará em sua Arena e venceu por 2 a 0. Com o placar, o Tricolor chega aos 19 pontos na 18ª colocação. e respira na tabela de classificação. Com a derrota, o Vozão aparece em 11º, com 24 pontos.

CALENDÁRIO

Na próxima rodada do Brasileirão, o Grêmio mede forças contra o Flamengo, mas antes, encara o mesmo rubro-negro, no meio de semana, pelas quartas da Copa do Brasil. Enquanto isso, o Ceará pega o Santos, na Arena Castelão.

DUELO MORNO

Com receio de errar, Grêmio e Ceará pouco fizeram em grande parte da etapa inicial. Os goleiros apenas assistiam o duelo, que ficou concentrado na intermediária dos clubes.

GOLS DO GRÊMIO

Nos minutos finais da primeira etapa o Grêmio conseguiu levar um pouco mais de perigo e chegou aos gols que deram tranquilidade ao time. No primeiro, Diego Souza aproveitou o levantamento de Alisson e testou firme. Na sequência, a zaga do Ceará deu espaço e Ferreira bateu firme para ampliar o marcador, 2 a 0.

SEM REAÇÃO

Nos últimos 45 minutos, a expectativa era de um Ceará ambicioso dentro de campo e com sede de reação, mas isso não ocorreu. Pouco inspirado, o time não chegava ao gol do Grêmio e não conseguia trocar passes verticais.

BOLA PARADA

Com clara dificuldade de armar uma jogada com a bola nos pés, o jeito encontrado pelo Ceará foi apostar nos cruzamentos. Em um dos levantamentos na bola parada, Luiz Otávio ganhou da zaga gremista e a sua cabeçada tirou tinta do poste.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 2 X 0 CEARÁ
Local:
Arena Grêmio, Porto Alegre (RS)
Data-Hora: 12/9/2021 – 11h
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Gustavo Rodrigues de Oliveira (SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)
Público/renda: pagantes/R$
Cartões amarelos:
(GRE), (CEA)
Cartões vermelhos: –
Gols:
Diego Souza (42’/1ºT) Ferreira (45’/1ºT)

GRÊMIO: Gabriel Chapecó; Vanderson, Ruan, Rodrigues e Rafinha (Cortez aos 34/2ºT); Thiago Santos, Lucas Silva e Alisson (Everton, aos 33/2ºT); Jhonata Robert, Ferreira (Léo Pereira, aos 27/2ºT) e Diego Souza (Borja, aos 27/2ºT). Técnico: Felipão.

CEARÁ: Richard; Gabriel Dias, Messias, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Fernando Sobral (Marlon, aos 16/2ºT), Fabinho e Vina (Yony González, aos 42/2ºT); Lima (Rick, aos 33/2ºT), Jael (Cléber, aos 16/2ºT) e Mendoza (Erik, aos 16/2ºT). Técnico: Tiago Nunes.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos