Além do G6: Bota quer retorno à Liberta com vaga na fase de grupos

Na torcida! Botafogo tem que secar para terminar o Brasileiro no G4 (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Eliminado na Copa do Brasil e na Libertadores, o Botafogo já planeja um retorno à competição continental em 2018, mas com uma diferença: através do G4, o que faz o Alvinegro cair direito na fase de grupos.

Uma das vantagens de pular a fase preliminar é a garantia de pelo menos três jogos no Nilton Santos, o que dá ao Botafogo mais receita. Isso sem contar o descanso e o tempo para se dedicar ao início do Campeonato Carioca. Apesar de confirmar esse desejo, o goleiro Gatito Fernández garante que o Glorioso estará preparado em caso de recomeçar a competição pelo G6.

- O nosso foco agora tem que ser esse: buscar o ponto mais alto na tabela para classificar direto. Mas se não der, mesmo assim, vamos continuar lutando e vamos passar pela Pré-Libertadores também. Já mostramos que temos esse potencial - afirmou o goleiro.

O meia João Paulo reforçou o discurso do arqueiro alvinegro e garantiu que o time fez um pacto no vestiário para recolocar o Glorioso na Libertadores em 2018.

- Com certeza temos que recolocar o time na Libertadores. A gente pede desculpas ao torcedor, mas fizemos um pacto no vestiário de recolocar o time na Libertadores no ano que vem. Estamos muito tristes, porque era possível chegar mais longe, mas fizemos um grande campeonato - opinou João Paulo.

Se o Botafogo ficará no G4, no G6 ou até mesmo fora da Libertadores só o tempo dirá. Apesar disso, uma certeza: O time de Jair Ventura encara o Coritiba, fora de casa, no próximo domingo, às 16h, pela 25° rodada do Brasileirão. É a primeira chance de esquecer a eliminação. O Glorioso está em sétimo, com 37 pontos, empatado com o Cruzeiro, sexto.









E MAIS: