Além de Anitta, Juliette e Zeca Pagodinho, mais famosos aderem à campanha para convocar jovens a tirarem título de eleitor

Famosos estão aproveitando a visibilidade que possuem nas redes sociais para fazer uma campanha em prol da cidadania: pedir que jovens entre 16 e 17 anos tirem seus títulos de eleitor. A mobilização está acontecendo depois que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou que a adesão ao documento entre esse grupo foi a menor em três décadas.

O voto nessa faixa etária é facultativo e os adolescentes até o dia 4 de maio para regularizar o documento, único que permite a participação nas eleições. Para estimular que isso aconteça, Anitta foi direta no Twitter:

"Então agora é isso, me pediu foto quando me encontrou em algum lugar? Se for maior de 16, eu só tiro a foto se tiver foto do título de eleitor", escreveu a Poderosa de Honório Gurgel, que também pontuou: "Vamos lá galera... Vocês ficam falando 'Anitta faz alguma coisa', mas não dá pra salvar o país sozinha não. Vamos coçar o saco vocês também... Faz esse título de eleitor aí logo... A gente muda o presidente, eu viro top 1, a Bruna Marquezine estrela de Hollywood e a nação segue adiante".

Bruna Marquezine compartilhou a publicação da cantora, assim como o ator Mark Ruffalo, que atuou em filmes como "De repente 30". "Em 2020, os americanos só derrotaram Donald Trump porque os eleitores usaram seus direitos democráticos, especialmente os jovens. Para derrotar Bolsonaro, brasileiros de 16 e 17 anos, devem se registrar para votar nas próximas eleições. Eles têm até 4 de maio para fazer isso", escreveu o ator norte-americano.

Assim como els, outros famosos também entraram na campanha. Juliette, vencedora do "BBB 21", expressou tristeza em saber do número baixo de jovens que tiraram o documento e aproveitou para falar sobre a importância do voto. Gil do Vigor, outra figura marcante da edição do ano passado do reality, incentivou os adolescentes ao compartilhar um link com o passo a passo para a emissão do título.

A apresentadora e atriz Giovanna Ewbank se descreveu "muito preocupada" com a baixa adesão do grupo e lembrou: "Para o Brasil mudar tem que votar direito e para isso TEM que tirar o título".

Zeca Pagodinho também incentivou aos jovens através de um vídeo publicado em suas redes sociais. Nele, o cantor ressalta os prazos e pede que os jovens não deixem para última hora: "A democracia agradece", finaliza o sambista.

"Alô, juventude! Bora tirar o título de eleitor e salvar o Brasil!", escreveu a cantora e compositora Zélia Duncan.

"Brasil ganhando de 4x0. Envolver top 1 no mundo. Só falta uma coisa para o brasileiro ser feliz e para resolver isso vocês precisam tirar o título de eleitor!", disse Any Gabrielly no Twitter.