Aké revela morte do pai logo após seu primeiro gol pelo Manchester City na Champions League

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Autor do gol que abriu a vitória do Manchester City por 6 a 3 sobre o RB Leipzig, na última quarta-feira, pela Champions League, o zagueiro Nathan Aké não tem motivos só para comemorar. Após o triunfo, o defensor holandês revelou que seu pai, Moise Aké, morreu poucos minutos após o seu tento.


- As últimas semanas foram as mais difíceis da minha vida, meu pai estava muito doente e não havia mais tratamento possível. Tive a sorte de ter muito apoio da minha noiva, família e amigos - disse Aké no Instagram.

- Ontem, depois de um momento difícil, marquei meu primeiro gol na Liga dos Campeões, e poucos minutos depois ele faleceu pacificamente com minha mãe e meu irmão ao seu lado. Talvez fosse para ser, me ver jogar sempre o deixava orgulhoso e feliz. Eu sei que você está sempre comigo, você sempre estará no meu coração e este foi para você pai - completou.

+ Veja a tabela e os jogos da Champions League


+ Messi e Pochettino sofrem com zoações após empate do PSG com Brugge na Champions

Aké soube da morte do pai após a partida no Etihad Stadium, mas preferiu não avisar aos companheiros de clube. Nesta quinta-feira, o jogador foi liberado dos treinamentos para dar apoio à família, algo que já havia ocorrido recentemente, quando o quadro de saúde do pai não era bom.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos