Fluminense deslancha no fim e bate Nacional Potosí pela Sul-Americana

EFE

Rio de Janeiro, 11 abr (EFE).- O Fluminense jogou apenas para o gasto, mas, graças a gols marcados na metade final do segundo tempo, derrotou nesta quarta-feira o Nacional Potosí, da Bolívia, por 3 a 0, em partida disputada no Maracanã, pela ida da primeira fase da Copa Sul-Americana.

O atacante Pablo Dyego, aos 27 minutos, dois após entrar em campo no lugar de Marcos Júnior, abriu o placar. O experiente zagueiro Gum ampliou aos 36. O centroavante Pedro, aos 43, deu números finais ao duelo, em cobrança de pênalti.

Os gols saíram depois de uma etapa inicial morna, em que o Nacional chegou a esboçar cera e o Flu mostrou certa apatia. O lance de maior perigo veio nos acréscimos, quando Sornoza cobrou falta na área, Gum testou com perigo e obrigou o goleiro Romero a fazer grande defesa.

Hoje, diante de pequeno público no Maracanã, o Tricolor jogou, praticamente, com força máxima, após duas semanas de preparação, graças a eliminação nas semifinais do Campeonato Carioca, diante do Vasco. Apenas o goleiro De Amores, o meia Marquinhos Calazans, ambos recém-recuperados de lesão, e o zagueiro Reginaldo, ficaram fora.

Agora, o Fluminense reencontrará o Nacional Potosí no dia 10 de maio, na Bolívia. Para avançar à segunda fase, a equipe comandada por Abel Braga poderá perder, até, por três gols de diferença, com exceção de novo 3 a 0, que levaria a definição da eliminatória para as cobranças de pênaltis. EFE


Leia também