São Paulo vende David Neres ao Ajax por R$ 50mi; negócio é o 3º maior da história tricolor

Jorge Nicola
<em>David Neres tem apenas oito partidas pelo time principal do Tricolor, com três gols</em>
David Neres tem apenas oito partidas pelo time principal do Tricolor, com três gols

* O São Paulo acertou na noite desta segunda-feira a venda de David Neres ao Ajax por R$ 50,4 milhões – o clube ainda ficará com 20% do valor de uma venda futura. Horas antes, os holandeses haviam oficializado a nova oferta, R$ 17 milhões superior à primeira, recusada pelo Tricolor na semana passada. A notícia foi revelada com exclusividade pelo Blog no meio da tarde.

Leco se reuniu com os diretores mais chegados para pegar outras opiniões e deu o “sim” à saída do atacante de 19 anos, que disputa o Sul-Americano sub-20 pela seleção brasileira. David Neres se torna o terceiro jogador mais caro vendido pelo Tricolor em sua história, só atrás de Lucas (que rendeu R$ 81 milhões na ida ao PSG, em 2012) e Denilson (negociado para o Betis por R$ 65 milhões, em 1998).

O São Paulo também tem propostas por Luiz Araujo e Lyanco, só que as eventuais saídas do ponta e do zagueiro garantiriam R$ 42,5 milhões, menos dinheiro do que o adeus de David Neres. O Lille, da França, se dispõe a pagar R$ 22,5 milhões por Luiz Araújo, enquanto a Juventus, da Itália, oferece R$ 20 milhões por Lyanco.

O técnico Rogério Ceni defendia a permanência do trio, mas o São Paulo precisa fazer negócio por causa de sua péssima situação financeira. De acordo com o orçamento apresentado ao Conselho Deliberativo, o Tricolor vai fechar a temporada de 2017 com um déficit de pelo menos R$ 66 milhões se não vender jogadores – a estimativa definida pela diretoria é de lucrar R$ 60 milhões com negociações.

O São Paulo detém 100% dos direitos econômicos de David Neres, contra 80% de Lyanco e 70% de Luiz Araújo. Quaisquer das transações precisam ser definidas com urgência, já que a janela de transferências na Holanda, na França e na Itália se encerram nesta terça-feira.

* atualizado às 20h47

Para acessar outras notícias do Blog do Jorge Nicola, clique aqui: