Agora no PFL, Rory MacDonald sinaliza possível trilogia com Douglas Lima no futuro

Após Douglas Lima vencer Rory MacDonald na final do GP meio-médio (77 kg) do Bellator, em outubro de 2019, e se vingar da derrota sofrida em janeiro de 2018, a trilogia entre os lutadores parecia inevitável. Entretanto, o canadense surpreendeu o mundo do MMA e recentemente assinou com o PFL, afastando, ao menos momentaneamente, essa possibilidade.

O segundo encontro entre os meio-médios marcou a última luta de MacDonald sob contrato com o Bellator. Com a perda do cinturão da categoria, o canadense optou por respirar novos ares e migrar para a nova organização, ainda que isso significasse que a rivalidade com o brasileiro permanecesse empatada, com uma vitória para cada lutador. Em entrevista ao site ‘MMA Junkie’, o ex-campeão se mostrou resignado com a situação, mas deixou em aberto a possibilidade de enfrentar o rival novamente no futuro.

“É o que é, sabe? Quem vai dizer que nós não vamos nos encontrar mais tarde nas nossas carreiras? Nós não estamos na mesma organização no momento, mas eu ainda me vejo lutando por muito tempo, e talvez ele também. Você nunca sabe aonde nossos caminhos vão se cruzar de novo. Eu não me preocupo muito com isso. Competição, ele ganhou uma, eu ganhei uma, c’est la vie (é a vida). Vida que segue”, declarou Rory MacDonald.

Com passagem pelo UFC, Rory MacDonald lutou pelo cinturão meio-médio da entidade em julho de 2015, mas acabou derrotado por Robbie Lawler. O canadense se sagrou campeão até 77 kg do Bellator com o triunfo sobre Douglas Lima em janeiro de 2018, no primeiro encontro entre eles. Já o brasileiro conquistou o título da categoria no Bellator em três ocasiões, além de vencer três Grand Prix da categoria.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também