Agora com concorrência, Marcelo Mattos corre para voltar no Vasco

David Nascimento

Oito meses. Esse é o período que Marcelo Mattos está em recuperação de uma ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho direito, sofrida em setembro de 2016. O volante precisou fazer uma cirurgia e apenas nos últimos dias foi autorizado a novamente treinar com bola. Antes titular, porém, o seu retorno agora de olho na disputa do Campeonato Brasileiro tem forte concorrência a ser encarada. Para recuperar a posição, Mattos tem levado os obstáculos que encontrou no período como uma motivação a mais para correr e voltar logo.

Quem acompanha os treinamentos fechados no Vasco vê um Marcelo Mattos bastante animado depois de voltar a trabalhar com bola. As três semanas que o time ficará sem entrar em campo desde a eliminação no Campeonato Carioca até a estreia no Brasileiro, dia 14, diante do Palmeiras, chegaram na hora certa para que o volante se ajuste ao time. Com isso, fica cada vez mais perto de ser relacionado e ter a chance de jogar novamente, mesmo com o atual time titular formado pelo técnico Milton Mendes tendo Jean, contratado este ano, como dono da vaga.

Esta concorrência pode aumentar pelo fato de o Vasco seguir negociando com o volante Bruno Paulista. Mas isso não desanima Marcelo Mattos. Ele tem a confiança da diretoria e comissão técnica - o seu contrato, por exemplo, se encerraria em dezembro do ano passado, mas por conta da lesão, o presidente Eurico Miranda resolveu renovar o vínculo até o fim deste 2017. O volante quer retribuir o carinho recebido nestes meses longe dos gramados. Em entrevista ao LANCE! no dezembro do ano passado, Mattos lembrou desta situação.

- Você se sente seguro, acolhido vendo o presidente do clube chegar em coletiva logo após você ter se machucado e anunciar a sua renovação. Estou feliz com este gesto de carinho do Vasco e do Eurico. Mais uma vez o clube abre a porta para que eu dê sequência ao meu trabalho. Cheguei ao Vasco como quarta opção, mas com a minha dedicação agarrei a chance quando surgiu. Sempre seguirei o trabalho para retribuir - lembrava Marcelo Mattos na época.

Os 35 jogos disputados ao longo do ano passado antes de sofrer a grave lesão mostram um bom aproveitamento do Vasco com Marcelo Mattos em campo. Foram 23 vitórias, oito empates e apenas quatro derrotas. No período, o volante ainda balançou as redes adversárias em duas oportunidades. Se depender dos torcedores, seu retorno é válido e o técnico Milton Mendes ganha mais uma pulga para ficar atrás da orelha na hora de escalar a equipe. O Campeonato Brasileiro é longo, o Vasco quer se firmar após ter disputado a Série B ano passado e quanto mais variedade, melhor.







E MAIS: