Agora aposentado, ídolo do Internacional conta esforços para não jogar no Grêmio

·1 min de leitura


É sabida a grande identificação que o agora ex-jogador Rafael Sobis tem com o Internacional, clube que o formou e, em duas passagens, ele conquistou títulos de enorme importância como, por exemplo, a Libertadores de 2006 e 2010.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

Porém, o que o jogador ainda não tinha detalhado enquanto esteve atuando profissionalmente foi o fato de que existiu não apenas o interesse como a formalização de proposta do maior rival do colorado, o Grêmio. Revelação essa que foi feita a um programa da 'Rádio Atlântida', o 'Bola nas Costas'.

Segundo relatou Sobis, a possibilidade apareceu em período onde o empréstimo do Al-Jazira-EAU para o Fluminense havia chegado ao fim e o clube carioca, ao que a resposta do ex-atleta indica, não exerceria um direito de compra.

Diante da situação, o tricolor bem que tentou avançar na negociação, mas os esforços de Rafael Sobis caminhavam justamente na linha contrária apesar de, financeiramente, reconhecer que a oferta tinha boas condições:

- O Grêmio pagava mais para o Al-Jazira e para mim. Eu implorei para um amigo meu que era advogado do clube para poder ficar no Fluminense. Meu empréstimo lá tinha chegado ao fim. Ele conseguiu enrolar o sheik. Não tive vontade de vestir a camisa do Grêmio. Por educação, eu conversei, mas eu não quis.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos