Agente cobra mais de R$ 1 milhão do Corinthians na Justiça por uso da imagem de Romero

·1 minuto de leitura
Romero teve longa e vitoriosa passagem pelo Corinthians (Alexandre Schneider/Getty Images)
Romero teve longa e vitoriosa passagem pelo Corinthians (Alexandre Schneider/Getty Images)
  • Agente cobra mais de R$ 1 milhão pelo uso da imagem de Ángel Romero

  • Ele afirma que o Corinthians não honrou o valor combinado em contrato

  • Romero teve passagem vitoriosa pelo clube entre 2014 e 2019

Em situação financeira complicada, o Corinthians tronou-se alvo de mais um processo judicial. O agente do paraguaio Ángel Romero moveu ação contra o clube cobrando uma dívida pela utilização da imagem do atacante.

Leia também:

De acordo com informações do Blog do Perrone, no UOL, Regis Marques Chedid pede R$ 1.067.166,84 do clube paulista. O empresário alega que o Corinthians não pagou o valor combinado com sua empresa em contrato.

Segundo Chedid, um acordo foi feito em 2017 para a quitação da dívida, mas a diretoria alvinegra também não o respeitou.

Agente cobra quantia milionária pelo uso da imagem do jogador (Miguel Schincariol/Getty Images)
Agente cobra quantia milionária pelo uso da imagem do jogador (Miguel Schincariol/Getty Images)

A ação movida pelo empresário mostra que o contrato inicial previa o pagamento de R$ 2,49 milhões à Regis Marques Chedid Esportivo, divididos em quatro parcelas de R$ 622.550, pela "exploração comercial dos direitos da personalidade" de Romero.

O Corinthians chegou a pagar parte do acordo, mas não quitou o restante do valor. Por isso, Chedid cobra a quantia atualizada e acrescida dos honorários advocatícios em 15 dias.

Corinthians não comenta o assunto

A coluna explicou que procurou o departamento de comunicação do Corinthians, que alegou não ter recebido nenhuma notificação sobre o caso e, por isso, explicou que não comentaria o assunto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos