Agente de Abel Ferreira sai em defesa do treinador e dispara contra presidente da FPF

·1 minuto de leitura


Hugo Cajuda, empresário de Abel Ferreira, saiu em defesa do técnico português, nesta segunda-feira, após críticas feitas pelo presidente da Federação Paulista de Futebol, Reinaldo Carneiro Bastos, em entrevista à TV Gazeta, sobre as falas do comandante alviverde em relação ao estadual.

Em entrevista ao UOL ESPORTE, Hugo salientou que a fala do mandatário da FPF é algo “anormal”. O agente considera que “não é trabalho do Reinaldo analisar as palavras de Abel na imprensa”

– Ele poderia usar esse tempo para cuidar do próprio trabalho. Qual é o trabalho? Programar e decidir, juntamente com a CBF, a melhor forma de organizar um calendário que protegesse e valorizasse o futebol, o jogador e o treinador no Brasil. É uma pena o senhor presidente da FPF ficar preocupado com as palavras do Abel, ao invés de olhar para as próprias obrigações – disse.

O empresário ainda aproveitou para elogiar o trabalho de Abel Ferreira no Palmeiras e falar o futuro do técnico e uma possível ida para a Europa no futuro.

– O Abel já recebeu diferentes ofertas para sair do Palmeiras, de vários países. Propostas que, de certa forma, pagavam três ou quatro vezes mais de salário. Mas, neste momento, ele está focado só no Palmeiras. Penso que o clube também está muito contente com ele, a forma de trabalhar e os resultados. Ao mesmo tempo, o cenário de um clube da Europa também é válido e possível, porque, efetivamente, dois clubes da Europa já fizeram oferta pelo Abel. No futuro, isso vai voltar a acontecer – finalizou Hugo.

Abel Ferreira chegou ao Palmeiras em Novembro de 2020 e, em menos de quatro meses de trabalho, conquistou os títulos da Libertadores e Copa do Brasil. O treinador português tem contrato com o Verdão até dezembro de 2022.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos