Agenda 2020+5 é aprovada com unanimidade pelo COI e promove Jogos sustentáveis e esportes virtuais

LANCE!
·1 minuto de leitura


O Comitê Olímpico Internacional (COI) aprovou, por unanimidade, a Agenda 2020+5, documento com propostas para os próximos cinco anos de mandato de Thomas Bach. A lista apresentou quinze itens, e incluía Jogos sustentáveis, atletas limpos do doping e incentivos à prática de esportes virtuais.

Veja o mata-mata da Champions League

A Agenda 2020+5 chega ao mundo sete anos após Thomas Bach aprovar a Agenda 2020, em 2014. A primeira proposta trouxe a promoção de medidas como a igualdade de gênero e a proposta de apresentar transparência dentro do COI.

Desta vez, Bach propôs Jogos sustentáveis por conta da pandemia de Covid-19 e a crise econômica que o coronavírus trouxe ao mundo. O Comitê Olímpico Internacional colocou tal questão com um pilar do documento apresentado no último dia do 137º Congresso do Comitê Executivo.

- Mesmo que tivermos superado a crise de saúde vamos enfrentar consequências sociais, financeiras e políticas. E como líderes precisamos nos preparar para este novo mundo. Precisamos de uma visão de como este novo mundo será - disse Bach.

O 137º Congresso do Comitê Executivo e a Agenda 2020+5 também chegam com uma inclusão do público jovem ao abrir espaço para os esportes virtuais. Após a inclusão de esportes como skate, surf, escalada e break dance, o sinal positivo ao mundo virtual passa a incluir a comunidade gamer.

Veja a íntegra da Agenda 2020+5 em inglês