Boca pode ser bicampeão argentino no domingo, mas Godoy Cruz quer impedir

EFE

Buenos Aires, 3 mai (EFE).- O Boca Juniors pode se sagrar bicampeão argentino no próximo domingo enfrentando o Unión no estádio La Bombonera, durante a 26ª e penúltima rodada, mas para isso precisará somar mais pontos que o segundo colocado Godoz Cruz, que um dia antes enfrentará o Argentinos Juniors no campo do adversário.

Faltando duas partidas para cada equipe, o Boca lidera o campeonato nacional com 53 pontos, três a mais que o 'Tomba', que sonha com um título inédito. Quem também ainda tem chances, embora ínfimas, é o San Lorenzo, que aparece em terceiro lugar, com 47.

A equipe 'xeneize' divide as atenções entre o Argentino e a Taça Libertadores e, apesar de estar perto do bi, vem encontrando dificuldades. Na chamada Superliga, vinha de duas derrotas até bater o Newell's Old Boys no último dia 23.

Depois disso, teve o jogo contra o Gimnasia La Plata adiado para poder enfocar o torneio continental, pelo qual empatou com o Junior Barranquilla em 1 a 1 fora de casa nesta quarta. O resultado o obriga a derrotar o Alianza Lima em Buenos Aires na última rodada e ainda torcer para o Palmeiras contra o time colombiano.

"Continuamos vivos, com chances de nos classificarmos. Eles (Junior) terão um jogo difícil no Brasil. Vamos ver o que acontece. O bom é que voltamos para casa com chances porque havia o risco de ficarmos fora e isso não aconteceu", disse o técnico Guillermo Barros Schelotto depois da igualdade em Barranquilla.

Por jogar um dia antes, o Godoy Cruz, que vem de sete vitórias e um empate nas últimas oito rodadas, quer colocar pressão sobre os comandados de Schelotto vencendo o Argentinos Juniors no estádio Diego Armando Maradona, em Buenos Aires.

"Acredito que se tivermos a sorte de vencer no sábado e dormirmos em primeiro junto com o Boca colocaremos pressão neles, embora fiquem com dois jogos a menos. Temos que fazer nossos deveres. O futebol argentino é muito parelho, todo mundo precisa de pontos para alguma coisa, mas temos que vencer e nos sentarmos à mesa com o Boca", declarou o técnico do time de Mendoza, Diego Dabove.

O treinador não poderá contar com o atacante Ramis. Dessa forma, Lencinas será o parceiro de frente de 'Morro' García, ex-jogador do Atlético-PR e que lidera a artilharia do Argentino, com 14 gols, três a mais que Lautaro Martínez, do Racing, e Sebastián Ribas, do Newell's, que dividem a segunda posição.

Ainda sonhando, o San Lorenzo levou a melhor em apenas uma de suas últimas quatro partidas pelo campeonato. Na busca pela recuperação, o 'Ciclón' jogará contra o Belgrano já nesta sexta, em El Cilindro.

Ao mesmo tempo em mira o topo, o time do bairro de Almagro precisa olhar para o retrovisor e se manter entre os cinco primeiros para estar na próxima Libertadores. O quarto colocado, Huracán tem 46 pontos e fará confronto direto com o Huracán, sexto, com 44. O jogo acontecerá no sábado em La Boutique de Barrio Jardín, em Córdoba.

Entre os dois, com 45 pontos, vem o Independiente, quinto colocado e que ganhou moral ao bater o Corinthians por 2 a 1 nesta quarta em Itaquera. Também sábado, o 'Rojo' receberá o Gimnasia La Plata.


Programação da 26ª e penúltima rodada do Campeonato Argentino:.


Sexta-feira.

San Martín - Vélez Sarsfield.

San Lorenzo - Belgrano.

Sábado.

Argentinos Juniors - Godoy Cruz.

Arsenal de Sarandí - Rosario Central.

Newell's Old Boys - Defensa y Justicia.

Talleres - Huracán.

Atlético Tucumán - Olimpo.

Domingo.

Temperley - Patronato.

Independiente - Gimnasia La Plata.

Tigre - Lanús.

Boca Juniors - Unión.

Estudiantes - Racing.

Segunda-feira.

Banfield - Chacarita Juniors.

Colón - River Plate.

sam/dr


Leia também