Agência antidoping da Rússia reelege Isinbayeva como diretora de comitê

Atleta russa Yelena Isinbayeva em cerimônia no Kremlin, em Moscou. 25/08/2016 REUTERS/Maxim Shemetov

MOSCOU (Reuters) - A bicampeã olímpica de salto com vara Yelena Isinbayeva foi reeleita como diretora do comitê de supervisão da Agência Antidoping da Rússia (Rusada), cuja atividade foi suspensa pela Agência Mundial Antidoping (Wada) por descumprimento das normas.

"Iremos observar e controlar tudo e todos", disse Isinbayeva em entrevista concedida do lado de fora da Rusada após o anúncio de sua manutenção no cargo. "Só temos uma chance... de livrar o esporte desta sujeira".

Isinbayeva integraria a equipe de atletismo russa que foi proibida de participar da Olimpíada do Rio de Janeiro de 2016 devido a alegações de doping. Ela tentou apelar da decisão, acusando instituições esportivas internacionais de uma campanha de repressão a atletas russos.

A ex-esportista vem criticando abertamente o banimento da Rússia pela Associação Internacional de Federações de Atletismo (Iaaf), dizendo ser injusto que atletas inocentes sejam punidos juntamente com os culpados, e também refuta a alegação da Wada segundo a qual os problemas do país são resultado do "doping patrocinado pelo Estado".

(Por Maria Tsvetkova)