Advogados do PT temem atentado contra Lula após eventual saída da prisão

(AP Photo/Eraldo Peres)
(AP Photo/Eraldo Peres)

A possível saída do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva da superintendência da Polícia Federal no Paraná, onde está preso desde abril de 2018, pode ser cercada de expectativa negativa por parte do PT.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

De acordo com a colunista Bela Megale, d’O Globo, advogados e alguns integrantes do PT, partido de Lula, acreditam que o ex-presidente corre risco de vida fora da cadeia. Eles apostam na tentativa de algum atentado.

Leia também

A jornalista afirma que o fato de ele estar preso em Curitiba, onde o antipetismo é mais latente, tem causado mais apreensão nesses setores do partido. Ela garante que a PF vem, há pelo menos um mês, fazendo estudos para chegar ao melhor plano em caso de saída de Lula.

Caravana está a caminho de Curitiba

Uma caravana de militantes do PT, dos movimentos sociais e de apoiadores do movimento Lula Livre está a caminho de Curitiba.

Pelo menos 500 pessoas são esperadas na vigília Lula Livre, o acampamento de militantes instalado na frente da Superintendência da Polícia Federal, onde o ex-presidente está preso há 580 dias. Por volta das 8h40 desta sexta, cerca de 50 pessoas estavam reunidas no acampamento com cartazes, bandeiras e gritos em apoio a Lula.

Os advogados da defesa devem se reunir com o ex-presidente ainda nesta manhã. Candidato à Presidência da República em 2018, o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, também deve visitar Lula na prisão ao longo do dia.

Com VALOR

Leia também