Advogado revela sentimento de Scarpa em relação a Willian Bigode após suposto golpe milionário


O meia Gustavo Scarpa está decepcionado com o ex-companheiro Willian Bigode após sofrer um suposto golpe milionário que teve intermédio de uma empresa do atacante. A revelação foi feita por Carlos Henrique de Oliveira Pereira, advogado do jogador, em entrevista ao "Fantástico", programa da "TV Globo".

- Ele se encontra hoje muito decepcionado, inconformado e bem chateado - contou.

+ ATUAÇÕES: Rony decide e Tabata sai aplaudido em vitória do Palmeiras nas quartas do Paulistão

Gustavo Scarpa alega ter sido vítima de um golpe da companhia Xland Holding por intermédio da WLJC Consultoria, empresa da qual Willian é sócio. O meia-atacante investiu R$6 milhões em criptomoedas e não conseguiu reaver o dinheiro.

A reportagem do "Fantástico" exibida neste domingo também revelou uma conversa entre Scarpa e Willian Bigode. Em áudio, o ex-jogador do Palmeiras, atualmente no Nottingham Forest, da Inglaterra, pede ajuda ao amigo para resolver a situação e recebe como resposta do atacante que a "questão agora é orar".

- Estou triste, parça, de verdade. Estou triste porque é meu patrimônio. É meu patrimônio quase todo. Eu não posso correr esse risco de perder - diz Scarpa para Bigode.

- Scarpinha, agora não tem nem mais questão de confiança, irmão. Questão que agora é orar. Fazer o que eu sei. Agora é esperar no Senhor - afirma Willian.

William, Mayke e Scarpa
William, Mayke e Scarpa

Willian, Mayke e Scarpa (Foto: Cesar Greco / Palmeiras)

+ Herança de Pelé: enteada entra com pedido para ser reconhecida como filha socioafetiva

Na sequência do diálogo, Scarpa conta para Bigode que vai registrar um boletim de ocorrência e precisará citar a empresa de Willian. Em novembro de 2022, ele registrou o caso na polícia.

- Bigode, o meu advogado está me orientando a fazer um B.O., mano. Criminal. Na polícia mesmo (...) Pelo respeito, amizade, consideração e amor que eu tenho por você, queria te dar um toque antes. Infelizmente vou ter que falar da sua empresa - fala o meia.

Na manhã desta segunda-feira, Scarpa fez uma postagem ironizando a resposta de Willian ao seu pedido de ajuda. O atleta publicou uma selfie e escreveu "estou precisando orar mais realmente".

Além de Scarpa, Mayke, do Palmeiras, também acusa a Xland Holding de golpe após investir quase R$ 4,1 milhões. O meio-campista e o lateral processam a companhia e a empresa de Willian Bigode na busca por recuperar o investimento. Segundo a reportagem da "Globo", Weverton, do Palmeiras, também perdeu dinheiro com o negócio. Entretanto, o goleiro do Verdão não quis comentar o caso.