Advogada brasileira aparece como sucessora do império empresarial de Mino Raiola

Mino Raiola acumulava polêmicas, mas tinha grande influência no meio do futebol (Foto: Divulgação)


Falecido no último final de semana, o renomado empresário Mino Raiola terá seu legado seguido por dois velhos aliados: o primo Vincenzo Raiola e a a advogada brasileira Rafaela Pimenta. A informação é do jornalista Bruno Andrade, do portal UOL.

Mino e Rafaela se conheceram no Brasil, há 19 anos , durante um projeto de escolinhas de futebol. Não demorou muito para a brasileira então tornar-se sócia de Mino Raiola em pelo menos três empresas: Maguire Tax & Legal, em Amsterdã, e Sportman e UUNIQQ, ambas em Mônaco, na França. Fluente em oito idiomas, Rafaela Pimenta é altamente reconhecida e respeitada num ramo majoritariamente dominado por homens.

A brasileira é natural de São Paulo, atuou como professora de Direito Internacional da Universidade de São Paulo (USP), e há anos é vista como braço direito de Mino, especialmente no trabalho com o meio-campista francês Paul Pogba, do Manchester United. É bastante reservada e experiente dentro do meio. Raramente concede entrevistas, aparece em pouquíssimas fotos e não tem redes sociais.

Recentemente, ela foi convidada pela Fifa para uma oficina de consultoria de agentes e chegou a ser a representante de Raiola como investidora na Associação Maga Esporte Clube, um pequeno clube do interior de Santa Catarina.

Com a morte de Mino Raiola, a advogada vai assumir - ao lado de Vincenzo Raiola, mais conhecido como Enzo - as principais negociações do grupo no mercado da bola neste verão europeu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos