Advertido, Jorge Jesus comandará o Flamengo na final da Libertadores

Atraso na partida contra o Grêmio resultou em advertência para Jorge Jesus (Foto: AFP)
Atraso na partida contra o Grêmio resultou em advertência para Jorge Jesus (Foto: AFP)


O Tribunal Disciplinar da Conmebol aplicou apenas uma advertência ao técnico Jorge Jesus, do Flamengo, por conta do atraso do time na volta do intervalo na partida contra o Grêmio, no Maracanã, na semifinal da Libertadores. Assim, o técnico português comandará o Rubro-Negro diante do River Plate na decisão da Copa no sábado, em Lima. A bola rola às 17h (de Brasília) no Monumental.

A informação da advertência foi publicada pelo jornal "O Globo". O técnico foi denunciado pela Conmebol pelo atraso de dois minutos no retorno do time para a etapa final na vitória por 5 a 0 no Maracanã. Segundo o regulamento da Libertadores, o treinador é o responsável por fatos como este.

Por outro lado, o Flamengo foi multado em US$ 15 mil, cerca de R$ 62 mil, por conta da comemoração de Gabigol, que pegou uma placa da torcida ao marcar um dos gols no Maracanã, com os já famosos dizeres: "Hoje tem gol do Gabigol".

O Flamengo foi denunciado no Artigo 67 do regulamento da Libertadores, que diz ser proibido "exibição de mensagens políticas, religiosas, comerciais, pessoais ou slogans em qualquer idioma ou forma por jogador ou oficial no uniforme, camiseta sob o uniforme, equipamento e inclusive no corpo" durante o jogo ou em qualquer atividade relativa ao jogo.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também