Adversário de Pacquiao acusa Mayweather de fugir de luta contra ele; entenda

AgFight
Manny Pacquiao and Keith Thurman (Joe Camporeale-USA TODAY Sports)
Manny Pacquiao and Keith Thurman (Joe Camporeale-USA TODAY Sports)

Keith Thurman colocará o título de supercampeão dos meio-médios (66,7 kg) da Associação Mundial de Boxe (WBA) em jogo neste sábado (20), em Las Vegas (EUA). No duelo contra Manny Pacquiao, o americano defenderá o título que pertencia a Floyd Mayweather até 2015. E, ao ser questionado sobre a razão de nunca ter enfrentado ‘Money’, o campeão foi enfático: “Nunca quis lutar comigo”.

Em entrevista ao site ‘TMZ Sports’, Thurman garantiu que Mayweather – que pendurou as luvas em 2015 após bater Andre Berto – teria fugido da luta contra ele. Dois anos depois, Floyd ainda retornou aos ringues para enfrentar Conor McGregor em uma superluta, mas, logo em seguida, anunciou aposentadoria novamente com o impressionante cartel profissional de 50 vitórias invicto.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

“Se ele quisesse uma luta de verdade, teria me enfrentado anos atrás”, disse Thurman, antes de mandar um recado para Floyd. “Você nunca quis lutar comigo. Eu estava bem ali embaixo de você por anos. Eu era o candidato número um da WBA e então eles fizeram você supercampeão para que nossos nomes não tivessem que estar juntos na mesma sentença”, concluiu.

Aos 30 anos, Thurman possui um cartel invicto como boxeador profissional, com 29 vitórias. Já Pacquiao, dez anos mais velho que o campeão, soma 61 triunfos, sete derrotas e dois empates em seu retrospecto nos ringues. No duelo deste final de semana, eles unificarão o título dos meio-médios da WBA, já que Pacquiao detém o cinturão regular da organização.

Siga o Yahoo Esportes: Twitter | Instagram | Facebook | Spotify | iTunes

Leia também