Adversário do Botafogo na Copinha, São Carlos se empenha para buscar sonhos ainda maiores


A esperança de ganhar projeção marca a trajetória do São Carlos na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Adversário do Botafogo nesta sexta-feira (6), às 11h, o Sanca se mobiliza para se desafiar na competição.

+ MERCADO DA BOLA: veja as movimentações no seu time

Fundado em 2004, o clube alcançou sua melhor campanhas em 2008, quando foi até as quartas de final (e foi eliminado pelo Figueirense). E encarar o Alvinegro exige um misto de sensações no clube paulista, devido ao empate em 1 a 1 com o São-Carlense.

- O empate não foi aquilo que a gente esperava por causa do volume de jogo que tivemos e as chances criadas. Jogar contra o Botafogo, uma equipe grande que acabou de ser campeã pede que o nosso time entre muito competitivo, focado, com alto nível de concentração e muito respeito - afirmou ao LANCE! o técnico Wendel de Freitas.

O comandante, porém, não escondeu que há um momento de grandes esperanças para todos.

- O desafio é muito grande. Porém, é uma oportunidade para os atletas e comissão mostrarem seu trabalho e o São Carlos ser visto - disse.


+ Veja a tabela do Campeonato Carioca

O fato de ter pela frente um time de maior tradição aumenta a expectativa também do elenco. O atacante Maia mostrou confiança na força do elenco.

- Enfrentar um time grande traz mais visibilidade e uma oportunidade maior de demonstrarmos o trabalho que tem sido realizado ao longo deste período - disse.

O CALOR COMO OBSTÁCULO

Wendel de Fretas
Wendel de Fretas

Wendel de Freitas detalhou como equipe lida com chance de temperatura alta (Brendow Felipe / São Carlos

A "matinê" dita a rotina do Grupo 19. Após o empate com o São-Carlense ter acontecido em um duelo que iniciou às 8h45, o confronto desta sexta-feira, no Estádio Professor Luiz Augusto de Oliveira, acontecerá a partir das 11h. O treinador Wendel de Freitas apontou no que todos têm de ficar atentos.

- Vai ser um jogo muito difícil e possivelmente com uma temperatura muito alta, devido ao horário. Na primeira partida, o calor estava intenso. Por isso, a gente tem se preparado com hidratação e um trabalho físico. Temos que jogar comprometidos e focados para igualar esse jogo contra o Botafogo - disse.

SONHOS REUNIDOS

São Carlos Copinha
São Carlos Copinha

'A preparação mexe com sonhos e objetivos familiares', disse Wendel de Freitas (Brendow Felipe / São Carlos)

A reunião de sonhos do elenco aumenta a responsabilidade na montagem do elenco. O técnico Wendel de Freitas detalhou como foi feita a preparação da equipe.

- A preparação com esses jovens não é fácil porque mexe com sonhos e objetivos familiares. A gente tem passado vídeos, dado conselhos, trazendo exemplos do passado e mostrando que a Copinha pode ser uma mudança de vida. Porém, uma mudança coletiva e nunca individual - disse.

Em seguida, o comandante do Sanca apontou o que tem pesado para escolher os titulares numa competição tão sonhada por jovens atletas.

- A melhor escolha sempre será a coletiva. Os desafios em termos de ansiedade têm a ver com a idade de todos. Muitos dos jovens aqui nunca jogaram uma competição tão séria e grande quanto a Copa São Paulo, que é a Copa do Mundo da base - destacou.

O treinador disse que costuma deixar alertas para o elenco do São Carlos.

- Os conselhos têm sido ter calma, aproveitar, se divertir, ter responsabilidade, se concentrar, viver o sonho, imaginar o que pode fazer nas partidas e o principal que é ter caráter e ser comprometido com a instituição para ter um grande futuro no futebol - afirmou.

COPINHA SOB OS OLHARES DA FAMÍLIA

São Carlos Copinha
São Carlos Copinha

'A torcida pode esperar um time comprometido', disse o técnico da equipe (Brendow Felipe / São Carlos)

A esperança de gols do São Carlos passa pela linha de frente formada por Marcelo Júnior, Breno Santos e Maia. Camisa 10 do Sanca, Maia mensurou a dedicação da equipe para a Copinha.

- Sabemos os desafios que passamos para chegar até aqui, os sacrifícios que foram feitos durante a preparação e o esforço de todo o grupo. Creio que para toda a equipe este é um momento superação para atingir o nosso objetivo - disse.

O atacante tem uma motivação extra para tentar ir ao ataque a cada duelo.

- Tem uma parte da minha família que vem assistir ao jogo, o que contribui ainda mais para que eu possa dar o meu máximo - assegurou.

Às vésperas do confronto com o Botafogo, o atacante não esconde que disputar uma Copa São Paulo de Futebol Júnior desperta muita esperança em todo o elenco. No entanto, alerta para a equipe driblar sua ansiedade - disse.

- Creio que seja o sonho de todos que estão em busca de espaço. Gera enorme expectativa em nós mesmos e, por isso temos que nos controlar para que em campo possamos alcançar o nosso melhor - disse.

Aos olhos do técnico Wendel de Freitas, o Alvinegro se deparará com um adversário repleto de muita confiança.

- A torcida pode esperar um time aguerrido, comprometido, que busca o gol, disputa as bolas e não desiste nunca. O elenco tem atletas de outros Estados junto com jovens da cidade de São Carlos. Todos com muita vontade, garra e uma fé gigantesca. Tudo pode acontecer e dar certo - disse.