Adriano Moraes relembra 'tietada' a Demetrious Johnson, futuro rival no ONE

Adriano Moraes relembra 'tietada' a Demetrious Johnson, futuro rival no ONE
Adriano Moraes relembra 'tietada' a Demetrious Johnson, futuro rival no ONE

No dia 11 de abril, em evento programado para ser realizado na China, Adriano Moraes vai defender o cinturão peso-mosca (57 kg) do ONE Championship contra o ex-campeão do UFC, Demetrious Johnson. Consciente do nome que seu adversário tem, o brasileiro revelou uma velha admiração por ele e admitiu que essa luta pode ser um divisor de águas em sua carreira.

Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag.Fight, ‘Mikinho’ valorizou a história do seu adversário, principalmente por ele ser o recordista de defesas de cinturão dos moscas seguidas da história do Ultimate, com 11 no currículo. Entretanto, o brasileiro aposta que o melhor momento do americano ficou no passado.

“Toda pessoa tem um auge, o dele já passou quando perdeu para o (Henry) Cejudo. Ali foi meio que acabou aquela magia, mas ele tem um legado que não tem discussão. Ele é o melhor peso-por-peso, melhor que Anderson Silva, que Jon Jones. Não tem discussão. Mas eu sou a nova geração. Estou no meu auge em tudo”, explicou.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

De 2012 a 2018, Demetrious Johnson reinou na categoria dos moscas do UFC com muitos fãs espalhados pelo mundo. Adriano Moraes era um deles e inclusive revelou ter uma foto com o americano. Mas o tempo de admiração pelo lutador ficou no passado e reiterou que não vai sentir a pressão de encarar uma inspiração em sua carreira.

“Ele é um cara muito inteligente lutando. Não tem o que dizer. É um cara correto, homem de família, é admirado por muitos. Até eu tenho foto com ele, de fã, quando encontrei em Kansas antes da luta dele com o Wilson Reis. Ele tem um gás infinito. Vai ser uma luta muito boa. Vou chegar bem preparado. Eu não vou respeitar quando começar a luta. Assim que o juiz falar que está valendo, vai ser 50 a 50 para cada lado”, disse, emendando.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Ready to 2020 // Preparado para 2020! 👊🏾💯 #NewYear #ONEchampionship #AndStill #2k20

Uma publicação compartilhada por Adriano Moraes (@moraesadrianomma) em 1 de Jan, 2020 às 10:31 PST


“Tem aquele ditado ‘treine muito até uma pessoa admirada vire seu oponente’. Eu cheguei nessa fase. Fico orgulhoso de segurar esse título todos esses anos e poder realizar essa luta. Nesse dia da foto, fui falar com ele, ele e sua equipe já me conheciam, gostavam de assistir minha luta. Ele perguntou minha idade, eu na época tinha 27 anos e ele disse que e tinha tempo. Mas eu já era campeão do ONE. Só que hoje em dia eu entendi o que ele quis dizer aquele dia. Nem precisei sair do ONE. Ele veio até a mim. Agora é fazer meu dever de casa para ter mais essa vitória”, contou.

Apesar do nome mundial de Demetrious Johnson, Adriano Moraes confia que vai ter a torcida ao seu lado. O brasileiro tem uma justificativa simples, mas com embaçamento. Seus anos de ONE vão fazer a diferença e espera, caso consiga o triunfo diante do americano, já atingir um grande um outro patamar no MMA.

“Agora é no meu território asiático, onde eu recebo uma força maior. Não tenho explicações, só sinto isso. Já tenho sete anos de ONE, vai ser minha quarta vez na China. Acredito que pela experiência que tenho na Ásia, a torcida vai ficar do meu lado. Já recebi muitas mensagens dos fãs asiáticos e vou ter uma torcida muito boa. Ele sendo famoso não vai interferir. É uma luta com o peso maior, por ele ser famoso e eu podendo entrar nesse meio. Vai ser ótimo para mim. Uma vitória sobre ele vai me colocar com maior visibilidade, sem dúvida.”, explicou.

No MMA desde 2011, Adriano Moraes tem um cartel de 18 vitórias e apenas três derrotas. O brasileiro não pisa no cage desde janeiro de 2019, quando derrotou Geje Eustaquio.

Leia também