Adriano Imperador coloca patrimônio à venda

Yahoo Esportes
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Adriano Imperador está em apuros. Na verdade, suas finanças não estão nada bem.

Conhecido por ser “mão aberta” – chegou a pagar R$ 30 mil por mês a um restaurante para degustar picanha e cerveja, o atacante pode estar com seus dias de riqueza chegando ao fim. As informações são do jornal Extra.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Sem jogar desde 2016, o Imperador começa a perceber que terá que mudar seu padrão de vida. Em dezembro, viajou com a mãe e uma assessora a Milão, onde tem muitos imóveis. Lá, tomou conhecimento das dívidas com o fisco italiano e já colocou parte de seu patrimônio à venda.

Leia mais:
– Cruzeiro negocia empréstimo de R$ 300mi para pagar dívidas
Os dez meninos do Fla também eram esperanças de uma vida melhor
– Situação tem larga vitória em eleição no Palmeiras

A mansão em que morava em Milão estava alugada e já foi posta à venda, pois está com impostos atrasados.

O jatinho, avaliado em R$ 3,5 milhões, foi emprestado para Alexandre Pires. Com isso, o jogador poderia se livrar do alto custo de manutenção.

Na internet, é possível comprar o “paro de Adriano Imperador”, que está na Ilha de Gigóia, no Rio de Janeiro, por R$ 13 mil.

O próximo trabalho garantido para Adriano é um documentário sobre sua vida. Pelo contrato, que prevê também um filme de ficção, Adriano irá receber um pagamento pelos direitos autorais, além de participação em bilheteria.

Amigos temem que Adriano tenha o mesmo destino de Garrincha, que morreu na miséria. Um ex-companheiro de seleção teria inclusive se oferecido para cuidar dos bens do atacante, o que foi recusado.

O jogador já teria reunido a família e dito que, se a situação não melhorar, existe a possibilidade de que todos poderia volta para a Vila Cruzeiro, comunidade em que o jogador foi criado no Rio.

 

Leia também