Adriano Gabiru, herói do Inter no Mundial, se aposenta: "Não aguento mais"

Durou pouco a passagem de Adriano Gabiru pelo Tupi-RS, da cidade de Crissiumal, no Rio Grande do Sul. Aos 39 anos, o atacante, que disputaria a Divisão de Acesso (segunda divisão) do Campeonato Gaúcho, pediu dispensa, junto com companheiro de equipe, chamado Giliardi, e decidiu se aposentar.

O herói do título do Mundial de Clubes, pelo Inter em 2006, autor do gol da vitória por 1 a 0 sobre o Barcelona, afirma que "não aguenta mais jogar bola", masa admite jogar futebol amador e petende abrir uma escolinha de futebol na cidade de Pelotas.

"O pensamento é esse: largar o profissional e jogar um "amadorzinho". Não aguento mais jogar bola, vou fazer 40 anos. Essa coisa de concentração não dá mais para mim. Uma hora (a aposentadoria) tem que chegar. Tem um limite", explicou Gabiru em entrevista ao GloboEsporte.com.

Ídolos Internacional Adriano Gabiru Barcelona Mundial 2006
(Foto: Internacional/Divulgação)

VEJA TAMBÉM:
Guardiola em situação "incomum" | Griezmann nega rumores | O trio MSN é o melhor?

"Nosso projeto é aqui (no Rio Grande do Sul). É onde mais me identifico. Tenho o respeito de todo mundo, ainda mais pelo que fiz pelo inter. Eu e o Giliardi ainda estamos vendo (a escolinha), não tem nada certo. Queremos ajudar essa molecada. E bola para frente", garantiu o alagoano.

Recentemente, Carlos Adriano de Souza Vieira, o Gabiru, também atuou pelo Taboão da Serra-SP. Além da conquista do título mundial pelo Colorado, estava no grupo da Libertadores no mesmo ano e foi campeão brasileiro em 2001, com o Atlético-PR.