Adidas usa tecnologia e diz que Cristiano Ronaldo não marcou gol

Cristiano Ronaldo participou do lance do gol que abriu o marcador no confronto entre Portugal e Uruguai. Foto: Justin Setterfield/Getty Images
Cristiano Ronaldo participou do lance do gol que abriu o marcador no confronto entre Portugal e Uruguai. Foto: Justin Setterfield/Getty Images

A Adidas anunciou que sua tecnologia permitiu provar que Cristiano Ronaldo “definitivamente não fez contato” com a bola para o gol de abertura de Portugal contra o Uruguai na segunda-feira (29).

Parecia haver confusão durante o jogo do Grupo H, que terminou com vitória de 2 a 0 para Portugal, quando um cruzamento flutuante de Bruno Fernandes acertou o fundo da rede com Ronaldo saltando na área, na tentativa de fazer contato com a bola.

Leia também:

Ronaldo, de 37 anos, se afastou para comemorar, sugerindo que acertou a bola para marcar seu nono gol em uma Copa do Mundo.

No entanto, minutos depois, a imagem de Fernandes apareceu no telão do Lusail Stadium com a palavra “GOAL” ao lado de seu tiro na cabeça.

Fernandes recebeu oficialmente o gol na noite, e a fabricante de bolas Adidas tentou esclarecer qualquer confusão sobre o artilheiro de Portugal.

O comunicado dizia: “Na partida entre Portugal e Uruguai, usando a Connected Ball Technology alojada na Al Rihla Official Match Ball da Adidas, somos capazes de mostrar definitivamente nenhum contato na bola de Cristiano Ronaldo para o gol de abertura do jogo.”

“Nenhuma força externa na bola pôde ser medida, conforme mostrado pela falta de 'batimento cardíaco' em nossas medições e no gráfico anexo. O sensor IMU de 500Hz dentro da bola nos permite ser altamente precisos em nossa análise”, explicou a empresa de material esportivo.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

A bola Al Rihla contém um sensor suspenso em seu centro para auxiliar na detecção de toques pouco claros e melhorar a qualidade da tomada de decisão do VAR, tornando-a a primeira bola da Copa do Mundo a apresentar tal inovação.

Após o jogo, Cristiano Ronaldo não falou com os repórteres, mas Fernandes comentou a situação.

“Não acho que realmente importe quem marcou o gol neste momento. A sensação que tive foi que Cristiano tocou na bola, eu estava passando a bola para ele e o importante é que conseguimos vencer a partida contra um adversário muito difícil”, explicou.

Ronaldo terá que esperar até a última partida de Portugal contra a Coreia do Sul na sexta-feira (2) para aumentar sua contagem de gols nesta Copa do Mundo. Com duas vitórias nas duas primeiras partidas, Portugal já tem vaga garantida nas oitavas de final.