Adeus de medalhões e mudanças na esquerda: o primeiro impacto de Tiago Nunes no Corinthians

Yago Rudá
LANCE!
Tiago Nunes atraiu a atenção de toda a imprensa paulista em sua apresentação (Foto: Fotoarena/Marco Galvão/Agência Lancepress!)
Tiago Nunes atraiu a atenção de toda a imprensa paulista em sua apresentação (Foto: Fotoarena/Marco Galvão/Agência Lancepress!)


Na última segunda-feira, o técnico Tiago Nunes foi apresentado como mais novo comandante do Corinthians. Em suas primeiras declarações no clube do Parque São Jorge deixou algo bem claro: terá carta branca para promover mudanças no elenco. Prova disto é o adeus aos experientes Ralf, Jadson e Renê Júnior, além das mudanças radicais na lateral-esquerda.

Convicto de seu estilo de jogo, que tende para o futebol ofensivo, mas sem abrir mão de uma equipe equilibrada, Tiago Nunes optou por não contar com o trio de veteranos do Timão. É bem verdade que Jadson e Renê Júnior vinham sendo muito pouco utilizados na temporada passada e recebiam grandes salários, mas a dispensa de Ralf - 14º jogador que mais vezes vestiu a camisa do Corinthians na história - gerou divergências entre os torcedores.

Outra decisão do treinador que causou sensações distintas na Fiel foi na lateral-esquerda. O Corinthians encerrou 2019 com Danilo Avelar e Carlos Augusto naquela posição e nenhum dos dois está nos planos para esta temporada, pelo menos não por aquela faixa de campo.

Isto porque, Avelar agora será zagueiro. Tiago Nunes revelou a conversa que teve com o atleta sobre o tema e ambos chegaram à conclusão de que uma mudança de posição seria benéfica ao atleta, que agora larga atrás de seus companheiros na briga por uma vaga entre os titulares. Já Carlos Augusto não agradou nos dois últimos anos e será negociado - ainda não se sabe se por empréstimo ou em definitivo.

Com as saídas chegaram Sidcley, emprestado pelo Dínamo de Kiev, da Ucrânia, e o jovem Lucas Piton, destaque da equipe sub-20, foi tirado da Copinha e se apresenta nesta terça no CT Joaquim Grava para sua integração ao elenco. Mais do que nomes diferentes, os dois novos laterais possuem características muito mais ofensivas de jogo do que seus antecessores.

Nos próximos meses, o Corinthians passará por alterações radicais com Tiago Nunes. A tendência é de que o time seja mais agressivo do que na temporada passada, mas, por outro lado, corra mais riscos. As mudanças certamente virão.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também