Adeus de Agüero e drama pelo G-4: as emoções da rodada final da Premier League

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Chegou ao fim a Premier League 2020/21! O campeonato nacional mais badalado do futebol mundial presentou seus torcedores com uma rodada insana de reviravoltas inacreditáveis. A principal disputa deste domingo (23), colocou Chelsea e Leicester City para 'dançar' na tabela rumo ao principal torneio continental do Velho Continente: Champions League.

Visitando o Aston Villa, os Blues criaram pouco e acabaram derrotados por 2 a 1, com gols de Bertrand Traoré e Anwar El Ghazi. Ben Chilwell balançou as redes pelos visitantes. Se dependesse só desse resultado, os comandados de Thomas Tuchel estariam fora do G4. Contudo, longe dali, no King Power Stadium, os Foxes sofreram uma dolorosa virada diante do Tottenham - Jamie Vardy marcou duas vezes, mas os Spurs foram superiores com gols de Harry Kane, Kasper Schmeichel (contra) e Gareth Bale (duas vezes).

Chelsea perdeu na rodada, mas conseguiu ficar no G4. | Michael Steele/Getty Images
Chelsea perdeu na rodada, mas conseguiu ficar no G4. | Michael Steele/Getty Images

O resultado efetivou o G4 da seguinte forma: Manchester City, Manchester United, Liverpool e Chelsea (estão na próxima Liga dos Campeões). Leicester City e West Ham, 5º e 6º colocados, respectivamente, irão disputar a Europa League, enquanto Fulham, West Bromwich e Sheffield United estão rebaixados. O Tottenham, no 7º lugar, irá estrear na Conference League, nova competição da Uefa que irá reunir uma equipe de cada país das consideradas grandes ligas, com outros times de países menores.

O Arsenal, por sua vez, aparece como maior surpresa negativa da temporada. Além de terminar a campanha de 'mãos abanando', ficou na 9ª colocação do Inglês e, portanto, não irá disputar nenhum campeonato continental. Considerado um dos clubes do popular Big Six, esse é o segundo ano consecutiva que os Gunners ficam longe das posições iniciais.

Arsenal terminou a rodada com vitória. | ALASTAIR GRANT/Getty Images
Arsenal terminou a rodada com vitória. | ALASTAIR GRANT/Getty Images

Lágrimas no Etihad Stadium

Outro grande destaque deste encerramento foi a despedida de Sergio Aguero no Manchester City. Os Citizens receberam o Everton e triunfaram por 5 a 0, com tentos de Kevin De Bruyne, Gabriel Jesus, Phil Foden e Kun Aguero (duas vezes). O centroavante brasileiro marcou seu 50º gol na Premier League.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Contudo, o adeus do argentino tomou todos os holofotes. Na equipe desde 2011, ele chegou a 184 gols pelo City em Campeonato Inglês. Como se já não houvesse emoção suficiente, o futebol ainda guardou um roteiro especial: neste domingo, o atacante saiu do banco e balançou as redes duas vezes, assim como fez na estreia, há 10 anos. Nas redes sociais, jornalistas e torcedores repercutiram agradecimentos, recordes e mensagens de admiração:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O último ato da Premier League 2020/21 foi a entrega da taça ao Manchester City, campeão antecipado. Fernandinho, capitão da equipe, fez as honras e levou milhares de torcedores ao delírio. A temporada, no entanto, ainda não acabou. No próximo sábado (29), Citizens e Blues se enfrentam, às 16h de Brasília, pela Champions League. O Estádio do Dragão, em Porto, será o palco da maior decisão do ano.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Será que os comandos de Pep Guardiola irão incluir mais um título na conta? Ou Thomas Tuchel vai surpreender novamente? De qualquer forma, nos vemos lá!

Fernandinho levantou a taça. | Chloe Knott - Danehouse/Getty Images
Fernandinho levantou a taça. | Chloe Knott - Danehouse/Getty Images