Acusado de racismo por Neymar, espanhol é agredido por torcedores do Olympique de Marselha

LANCE!
·1 minuto de leitura


O clima não é bom no Olympique de Marselha. Neste sábado, centenas de torcedores se reuniram em protesto e invadiram o centro de treinamento do clube. De acordo com a imprensa espanhola, um dos alvos foi o zagueiro Álvaro González, que tentou acalmar os ânimos da torcida, mas acabou agredido e roubado.

+ Sergio Ramos perto de definir futuro, gigante inglês pode ser o destino de Mbappé… O Dia do Mercado

A polícia foi chamada e deu fim à situação. Cerca de 25 torcedores foram presos e encaminhados à delegacia. Os principais alvos dos protestos da torcida eram o presidente Henri Eyraud e outros dirigentes do clube.

Vale lembrar que González é o antigo desafeto de Neymar. Em setembro de 2020, o brasileiro acusou o espanhol de racismo no clássico entre PSG e Olympique de Marselha. O defensor foi absolvido, mas continuou trocando provocações com o craque do PSG.

Após o incidente, o Olympique entra em campo neste sábado, às 17h (de Brasília), para encarar o Rennes. A equipe ocupa atualmente a sétima posição do Campeonato Francês.