Acusado de formar panela na Seleção Argentina, Mascherano se revolta

Mascherano foi acusado de comandar uma panela na Seleção Argentina. Carlos Dibos, ex-preparador físico da equipe nacional, foi o responsável por fazer a crítica ao jogador do Barcelona. Suspenso no revés para a Bolívia, pela 14ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo, o defensor se pronunciou sobre a acusação do antigo membro da comissão técncia.

"É uma pena para o futebol argentino ter um profissional como o Sr. Dibos, que trabalhou conosco na seleção, me responsabilizando por coisas tão sérias como as que mencionou. Eu aceito qualquer crítica em relação a meu nível de jogo, mas não aceito que me atribuam essas acusações", afirmou.

"Tenho a consciência limpa. Eu nunca participei de uma decisão de um treinador. As coisas que compartilhei com ele e minha opinião sobre o seu profissionalismo me reservo a mim. Lamento muito que o futebol argentino conte com pessoas deste nível de qualidade humana", acrescentou.

Presente na comissão técnica de Alfio Basile, que esteve à frente do time entre 2006 e 2008, Dibos fez duras acusações ao volante em entrevista à TyC Sports, emissora da Argentina.

Alfio Basile Claudio Ubeda Racing Club 2012


Alfio Basile comandou a Seleção entre 2006 e 2008 (Foto: Getty Images)

"É preciso acabar com a reunião de amigos na seleção. Mascherano comanda uma panela na seleção. Eu acho que é um dos jogadores que já completou seu ciclo aqui", comentou.