Após acordo, greve do futebol na Argentina é encerrada

Os argentinos finalmente poderão voltar a ver suas equipes de futebol jogarem nacionalmente. O sindicato dos jogadores chegou a um acordo com a Associação de Futebol da Argentina (AFA) para encerrar a greve no futebol local. A decisão foi divulgada pela própria federação após longa reunião nesta quarta-feira.

A reunião, que foi realizada no Ministério do Trabalho e durou quase quatro horas, foi encerrada após as duas partes chegarem em um acordo para os salários atrasados serem pagos para os atletas. A imprensa local já previa que um acordo estava encaminhado na terça-feira e um dirigente do sindicato dos jogadores já havia indicado que a greve estava próxima do fim.

De acordo com o jornal argentino Olé, as empresas que têm interferência no futebol local aceitaram colocar mais dinheiro e, com isso, as dívidas com os jogadores e funcionários do clube serão quitadas em um curto prazo. Dos 305 milhões de pesos que já foram investidos, serão acrescentados 57 milhões de pesos (R$ 11,5 milhões) dos patrocinadores e canais que detêm os direitos de transmissão do Campeonato Argentino.

Com o acordo, a 15ª rodada do campeonato terá início imediato. Velez e Estudiantes irão abrir a rodada com jogo na quinta-feira e Patronato e Arsenal de Sarandí se enfrentarão na sexta-feira. Os outros jogos serão distribuídos no final da semana e na segunda-feira.

Leia também