Acompanhado do pai e do agente, Haaland faz 'turnê promocional' por Espanha e Inglaterra

Patxi VRIGNON-ETXEZAHARRETA
·3 minuto de leitura
O atacante norueguês Erling Haaland durante a partida das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022 contra a Turquia no estádio La Rosaleda em Málaga, Espanha, em 27 de março de 2021

Depois de Barcelona e Real Madrid na quinta-feira, esta sexta-feira foi a vez dos clubes ingleses, com Manchester City e Liverpool na dianteira, apresentarem seus argumentos a Mino Raiola, agente do fenômeno norueguês Erling Haaland, e ao pai do jogador.

O atacante de 20 anos tem contrato com o Borussia Dortmund até 2024, mas seu faro de artilheiro e suas estatísticas impressionantes (20 gols em 14 jogos na Liga dos Campeões desde sua estreia em 2019, um recorde) já atraem os grandes clubes europeus.

O clã Haaland iniciou sua 'turnê promocional' na quinta-feira na Espanha, em Barcelona e Madri, antes de voar para a Inglaterra nesta sexta-feira.

Segundo a imprensa espanhola, Alf Inge Haaland, pai do jogador, e Raiola voaram de Nice para Barcelona na quinta-feira de manhã, onde se encontraram com o presidente do Barça, Joan Laporta, e o diretor de futebol do clube, Mateu Alemany.

À tarde, viajaram para Madri, onde se reuniram com os dirigentes esportivos do clube 'merengue', mas não com o presidente Florentino Pérez.

- Situação econômica do Barça dificulta -

O Barça mostrou grande interesse no artilheiro, mas a situação financeira do clube é delicada.

O cenário ideal para o clube catalão seria que Haaland ficasse mais um ano em Dortmund, em que seu preço passaria de 150 milhões de euros (176,4 milhões de dólares) para 75 milhões (88 milhões de dólares), segundo a imprensa catalã.

A isto se somam cerca de 40 milhões de euros (47 milhões de dólares) em comissões que serão divididas pelo agente e o pai do jogador, segundo a televisão regional catalã TV3.

O jogador já experimentou a sua primeira grande transferência, do Salzburg para o Dortmund, em janeiro de 2020, por cerca de 20 milhões de euros (23,5 milhões de dólares).

Mas a pergunta que se faz é se Haaland terá paciência para esperar o momento em que os grandes clubes espanhóis e ingleses estiverem a seus pés. Economicamente, o Barcelona não tem como competir com os argumentos financeiros do Real Madrid... mas o clube merengue tem Kylian Mbappé e David Alaba em seu radar para este verão, e com isso o Barça pode esperar que uma chegada destes jogadores possa dificultar a do norueguês.

Para além do dinheiro, os dois clubes espanhóis têm argumentos esportivos de prestígio: o Barça tem - pelo menos até 30 de junho - Lionel Messi, um dos melhores jogadores da história, à frente de um elenco cheio de estrelas.

O Real Madrid tem a outra joia norueguesa, Martin Odegaard, atualmente no Arsenal por empréstimo.

- Bayern não está interessado -

Clubes ingleses tentaram nesta sexta-feira minimizar qualquer movimentação pelo jovem atacante.

O técnico do Chelsea, Thomas Tuchel, evitou falar sobre um suposto interesse do clube londrino, e deu a entender que Raiola está querendo aumentar a oferta.

"Ele é um jogador do Dortmund e há muitos rumores em torno dele e do seu agente (...) Parece que eles estão tentando montar uma corrida pelo jogador", disse o treinador alemão.

O técnico norueguês do Manchester United, Ole Gunnar Solskjaer, que treinou Haaland no Molde, também procurou acalmar as especulações, assim como Pep Guardiola, que não teria intenção de contratar um novo atacante para substituir Aguero, alegando perdas financeiras devido à pandemia e garantindo que tem jogadores suficientes para substituir o argentino.

Antes do início desta 'turnê' por Espanha e Inglaterra, outro dos grandes candidatos europeus, o Bayern de Munique, pareceu abandonar a corrida na quarta-feira.

Questionado pelo jornal Sport Bild sobre os rumores de transferência de Haaland, o presidente do clube Karl-Heinz Rummenigge se mostrou surpreso: "De onde vêm esses rumores? Não sei de nada. Só posso dizer uma coisa: temos o melhor jogador do mundo nessa posição (centroavante). Robert Lewandowski tem contrato até 2023", declarou o dirigente.

pve/gr/pm/dr/aam