Absoluto no Corinthians, Fagner ainda mira a Seleção Brasileira: 'Espero um dia voltar'

·2 minuto de leitura


Estamos a pouco mais de um ano da Copa do Mundo do Qatar e a briga por uma vaga na Seleção Brasileira segue quente. Um dos nomes que sempre encabeçam as possibilidade é Fagner, há anos titular do Corinthians e talvez o mais regular de sua posição. Apesar de focar em seu trabalho no clube, ele revelou ainda sonhar com a possibilidade de voltar a defender a Amarelinha.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Varanda é mais um! Veja quem já deixou o Corinthians desde o início de 2021

Em entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira, o lateral-direito corintiano conversou com os jornalistas e foi questionado sobre suas pretensões de voltar a ser chamado pelo técnico Tite. Convocado para a última Copa do Mundo, na Rússia, e para a Copa América de 2019, Fagner admite que deseja esse retorno, mas como consequência do trabalho que fará no Timão, que é sua prioridade.

- Sonhar com a Seleção, a gente ainda sonha, eu como atleta, jogando em uma equipe tão grande, com uma visibilidade tão grande, óbvio que meu principal objetivo é sempre o Corinthians, vou continuar fazendo o meu papel, e se possível voltar, ficaria feliz, seria a realização de todo atleta, representando seu clube também, espero um dia voltar e vou continuar trabalhando para que isso aconteça - respondeu o camisa 23.

Fagner foi titular da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2018, ganhando a posição de Danilo logo no segundo jogo da campanha da equipe de Tite, que acabou eliminada pela Bélgica nas quartas de final do torneio. Já na Copa América de 2019, ele foi reserva na conquista do título daquela edição.

Seu último jogo com a Amarelinha foi em 11 de setembro de 2019, em derrota por 1 a 0 em amistoso contra o Peru disputado em Los Angeles, nos EUA. Desde então, ele não voltou ao time. Ao todo, Fagner disputou dez partidas com o selecionado nacional, sendo nove delas como titular. Todas elas foram com Tite como treinador, com quem trabalhou e foi campeão no Corinthians

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos