Com Weintraub no Senado, hashtag #foraweintraub vira trending topic

Yahoo Notícias
Weintraub foi acusado de minimizar as falhas no Enem 2019 (Foto: AP Photo/Eraldo Peres)
Weintraub foi acusado de minimizar as falhas no Enem 2019 (Foto: AP Photo/Eraldo Peres)

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Para Weintraub, Enem de 2019 foi “o melhor de todos os tempos”

  • Ministro afirmou que, estatisticamente, o número de pessoas afetadas é insignificante

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

"Eu não prometi que seria, mais foi o melhor Enem de todos os tempos”. Foi com frases como essa que Abraham Weintraub explicou as falhas no Enem 2019 durante audiência na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) do Senado nesta terça-feira (11).

O ministro da Educação minimizou os erros, dizendo que o número de estudantes afetados “não é significativo” e que o governo de Jair Bolsonaro é alvo de uma “chuva de fake news”.

Leia também

As declarações não foram bem recebidas nas redes sociais: durante a audiência, a hashtag #foraWeintraub foi o segundo assunto mais comentado no Twitter. O protesto foi puxado por entidades como a União Nacional dos Estudantes, que marcou o “twitaço” para as 11h, horário de início da audiência:

Opositores do governo utilizaram a hashtag em postagens criticando o ministro:

Em seu discurso, Weintraub relembrou falhas que aconteceram em edições passadas da prova. Ele afirmou que os erros na correção da edição de 2019 foram causados por um engasgamento nas impressoras da gráfica. O ministro ainda levantou a possibilidade de o mesmo ter acontecido em outros anos, mas não comprovou a acusação: “É possível que esse problema possa ter acontecido no passado. Não posso dizer que sim nem que não.”

Na rede social, os internautas usam memes para pedir a exoneração do ministro e chamam a população para uma manifestação pela Educação no dia 18 de março:

Leia também