Aberto da Austrália começa com vitórias de Naomi Osaka e Venus Williams

·3 minuto de leitura
A japonesa Naomi Osaka (à esq.) e a russa Anastasia Pavlyuchenkova posam para fotos antes da primeira partida do Aberto da Austrália em Melbourne em 8 de fevereiro de 2021

O Aberto da Austrália começou nesta segunda-feira em Melbourne Park, três semanas após o cronograma inicial devido à pandemia de coronavírus.

A terceira cabeça-de-chave, a japonesa Naomi Osaka, lançou a primeira bola na competição individual feminina na Rod Laver Arena contra a russa Anastasia Pavlyuchenkova, a quem venceu com tranquilidade, por 6-1 e 6-2.

Na Margaret Court Arena, a veterana americana Venus Williams venceu a belga Kirsten Flipkens (7-5 e 6-2) diante de poucos torcedores, já que o número é limitado a 30.000 por dia.

O número 1 do mundo Novak Djokovic jogará na sessão noturna.

O torneio australiano é conhecido como o "Happy Slam" devido a sua atmosfera relaxante, mas a pandemia encheu a edição deste ano de nuvens pesadas.

Djokovic luta para conquistar seu nono título no Melbourne Park, Serena Williams vai tentar vencer o torneio 'major' que lhe falta para igualar os 24 títulos de Margaret Court e Osaka busca sua segunda coroa em Melbourne em três anos após sua vitória no Aberto dos Estados Unidos no ano passado.

Mas o primeiro Grand Slam do ano é realizado em um ambiente diferente este ano, já que é disputado com menos espectadores que deverão usar máscaras e não podem se movimentar livremente pelo Melbourne Park, equipado com pontos para desinfecção das mãos.

A Austrália praticamente conteve o vírus, mas as autoridades estão tentando evitar quaisquer problemas futuros com a covid-19.

Os preparativos tiveram que ser adaptados às pressas depois que um caso foi detectado em um hotel da competição na quarta-feira - o primeiro local infectado em 28 dias - que levou à suspensão das partidas por um dia.

Centenas de jogadores credenciados e funcionários que trabalham no torneio testaram negativo.

Serena Williams, 10ª cabeça-de-chave, faz sua estreia contra a alemã Laura Siegemund, quatro anos após a grande vitória da americana em um Grand Slam, após engravidar.

Djokovic enfrentará em sua primeira partida o francês Jeremy Chardy, 66º colocado no ranking mundial, para quem nunca perdeu em seus 13 jogos anteriores.

O vencedor do US Open, Dominic Thiem, finalista no ano passado quando enfrentou Djokovic, o alemão Alexander Zverev e o também vencedor de Melbourne, Stan Wawrinka entram em ação nesta primeira fase.

O mesmo vai acontecer com a número 2 do mundo, Simona Halep, que se recupera de uma lesão nas costas que afetou seus preparativos. Ela vai abrir a sessão noturna na quadra Rod Laver contra a australiana Lizette Cabrera.

O australiano Nick Kyrgios inicia o torneio em sua quadra preferida, John Cain Arena, contra o português Frederico Ferreira Silva.

Kyrgios quebrou uma raquete na semana passada e a jogou nas arquibancadas vazias depois de uma derrota em uma partida preparatória.

A cabeça de chave número 1, a australiana Ashleigh Barty, a atual campeã Sofia Kenin e o campeão de 20 Grand Slams, o espanhol Rafael Nadal entrarão em ação na terça-feira.

- Resultados da 1ª fase do Aberto da Austrália:

- Individual feminino:

Venus Williams (EUA) x Kirsten Flipkens (BEL) 7-5, 6-2

Zarina Diyas (CAZ) x Tamara Zidanšek (SLO) 6-2, 7-5

Naomi Osaka (JPN/N.3) x Anastasia Pavlyuchenkova (RUS) 6-1, 6-2

Camila Giorgi (ITA) x Yaroslava Shvedova (CAZ) 6-3, 6-3

dh/mp/af/ll/aam