Aberto de Austrália autoriza entrada de 7.500 espectadores na quadra principal

·1 minuto de leitura
Novak Djokovic bate com a raquete no chão durante a partida com o alemão Alexander Zverev, pelas quartas de final do Aberto da Austrália

O público poderá acompanhar as partidas do Aberto da Austrália a partir desta quinta-feira, com um limite de 7.477 pessoas por sessão, já que as autoridades sanitárias locais cancelaram a medida de combate ao coronavírus aplicada desde sábado passado que impedia a ocupação das arquibancadas, anunciaram nesta quarta-feira os organizadores do torneio de tênis.

“Amanhã (quinta-feira) receberemos novamente o público no Melbourne Park, com presença máxima de 7.477 pessoas por sessão, aproximadamente 50% da capacidade” da quadra Rod Laver onde serão disputadas as principais partidas a partir de agora, informaram através do Twitter os responsáveis pelo primeiro Grand Slam do ano.

O Aberto da Austrália é a primeira grande competição da modalidade a ser disputada com o público desde o início da pandemia de covid-19.

Após uma quarentena de quatorze dias, os tenistas puderam retomar a vida normal em Melbourne e uma cota de até 30.000 espectadores diários foi imposta para o torneio.

Mas não foi possível liberar a entrada de pessoas até a última quarta-feira. As autoridades australianas decretaram novo confinamento de cinco dias a partir da meia-noite de sábado para controlar um possível surto do vírus, embora tenha autorizado a realização do torneio, mas sem a presença de espectadores, isolando novamente todos os jogadores e pessoas envolvidas diretamente com a competição.

mp/ig/chc/mar/bl/lca