Abel volta a falar de calendário e revela lema do Palmeiras para 2021: ‘Contra tudo e contra todos’

LANCE!/NOSSO PALESTRA
·2 minuto de leitura


O Palmeiras goleou o Independiente Del Valle-EQU, por 5 a 0, nesta terça-feira (27), e alcançou sua segunda vitória na fase de grupos da Libertadores. Após a vitória, em entrevista coletiva, Abel Ferreira deixou clara sua vontade de vencer sempre com o Alviverde e alertou que o lema do time para o ano será “contra tudo e contra todos”, fazendo alusão às adversidades que a equipe tem enfrentado neste início de temporada.

– Ninguém quer vencer mais que eu. Seja no Palmeiras, seja onde quer que seja. Nem as minhas filhas eu deixo quando estamos a brincar seja o que for. Eu quero ganhar todos os jogos, seja contra quem for, seja onde for. Com os jogadores com caráter. Vamos procurar fazer o nosso trabalho. Contra tudo e contra todos, vai ser o lema deste ano! – afirmou o técnico português.

>> ATUAÇÕES: Rony e Patrick comandam show do Palmeiras na Libertadores

O treinador também comentou sobre a intensidade do time nos jogos, que tem sido afetada devido a pequena quantidade de treinos, ocasionada pelas constantes viagens e partidas que o Palmeiras tem tido.

– Ano passado contra o São Paulo, quando nós empatamos lá o jogo, falei sobre a densidade competitiva. Eu não gosto de repetir muitas vezes, porque quando se repete muitas vezes há alguma coisa que está mal. Não precisa estar sempre a repetir. Eu fui muito claro naquilo que disse contra o São Paulo. Minha função aqui é treinar, é para isso que me pagam. Para treinar, para ganhar, para evoluir os jogadores. Não sou eu que faço os calendários, não sou eu que tenho a obrigação de promover o jogador brasileiro, o futebol brasileiro e a Seleção Brasileira – declarou.

Apesar de ter afirmado que não comentaria mais sobre “temas políticos”, como descreveu, Abel voltou a explicar o impacto do calendário do futebol brasileiro nas atuações do time e no planejamento do clube para a temporada.

– Acho que o Palmeiras é a única equipe que tem o calendário que tem. Depois dizem que a equipe se apresentou fresca. Mas para essa equipe se apresentar fresca aqui, temos que jogar com o sub-20 no Paulista. E tem jogado muito bem. Logicamente que o calendário vai ter uma interferência. E já tem, pela quantidade de lesionados que temos. Queria ter todos os jogadores disponíveis. Infelizmente, não temos. Esse grupo, essa equipe técnica e esse clube têm a capacidade de fazer das tripas coração – finalizou.

Dando sequência à maratona de jogos, o Palmeiras, de Abel Ferreira, já volta a campo nesta quinta-feira (29), às 22h, contra a Inter de Limeira, no Allianz Parque, em jogo válido pela nona rodada do Paulistão. Com seis pontos de distância do segundo colocado, o Novorizontino, o Verdão precisa vencer para seguir sonhando com a classificação no estadual.