Abel provoca após goleada do Palmeiras: 'Quando colocam dúvidas, tenho mais certeza do meu trabalho'

LANCE!/NOSSO PALESTRA
·2 minuto de leitura

Mais uma vez, sob o comando de Abel Ferreira, o Palmeiras goleou o seu adversário, desta vez o Fortaleza, que foi derrotado por 3 a 0. Após a partida, o treinador do Verdão concedeu uma entrevista coletiva e analisou o desempenho do Alviverde no confronto.

>> Confira a classificação atualizada do Brasileirão e faça sua simulação
>> ATUAÇÕES: Gustavo Scarpa brilha em vitória do Palmeiras sobre o Fortaleza

– Há muitas formas de cozinhar o bacalhau, mas o bacalhau tá lá sempre. Às vezes, damos largura com o lateral, com o ponta, outras vezes usamos o ponta por dentro. Foi com isso que chegamos onde estamos. Foi essa troca constante, quer da forma de dar largura ou de dar profundidade, que, em momentos, conseguimos jogar bem e, em momentos, jogar mal, mas isso faz parte. Quando me colocam dúvidas, é quando eu tenho mais certeza da minha forma de trabalhar. Se sabes o que queres, é isso que tens que fazer. Hoje demos mais liberdade ao Rocha e deixamos o Renan na lateral esquerda, e colocamos jogadores nas entrelinhas, como o Lucas Lima e o Scarpa, que hoje estavam inspirados. Isso que queremos, dar liberdade, responsabilidade e organização, que falta um pouco no futebol brasileiro. O futebol sem organização passa a ser um jogo selvagem, e eu não gosto de um jogo selvagem - afirmou, contundentemente, o treinador.

Abel Ferreira coletiva
Abel Ferreira coletiva

Abel falou à TV Palmeiras após a vitória sobre o Fortaleza (Foto: Reprodução)

Além disso, o português comentou sobre as críticas que o time vem sofrendo nos últimos tempos, que se intensificaram após o desempenho aquém no Mundial.

– Quando dei minha entrevista de apresentação, para os mais distraídos, ou para aqueles que não têm a capacidade de ler entrelinhas, fui muito claro. Pra mim, o futebol é simples, a regra é igual pra todos. Pra mim, o segredo de um campeão é ter a capacidade de ser hoje a capa do jornal e amanhã a contracapa, sendo criticado, e ter a capacidade de saber o que queres, onde queres chegar e o caminho que tens que percorrer. Temos muito para aprender, o Mundial foi a prova disso. Jogamos com as melhores equipes do mundo e percebemos que temos aspectos para melhorar. É isso que vamos fazer, aprender com esses jogos e fazer o nosso melhor. Logicamente, o lado mental é uma parte que eu gosto, e nos faz ser cada vez mais fortes. E num país como este, todos temos que perceber que só dependemos do nosso trabalho - concluiu.

Com a vitória, o Palmeiras de Abel Ferreira chegou aos 56 pontos e assumiu a sexta posição na tabela, empatado com o Grêmio, que possui a mesma pontuação do Verdão. O Maior Campeão Nacional entra em campo novamente na próxima quarta-feira (17), às 19h30 (horário de Brasília), contra o Coritiba.