Abel Ferreira, Scaloni e Gallardo são finalistas de melhor técnico da América

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Palmeiras
    Palmeiras
Brazil's Palmeiras Portuguese coach Abel Ferreira (L) is pictured near Argentina's River Plate coach Marcelo Gallardo during their Copa Libertadores semifinal football match at the Allianz Parque stadium in Sao Paulo, Brazil, on January 12, 2021. (Photo by Nelson ALMEIDA / POOL / AFP) (Photo by NELSON ALMEIDA/POOL/AFP via Getty Images)
Treinador português disputa com comandante do River Plate e com técnico campeão da Copa América com a Argentina. Foto: (NELSON ALMEIDA/POOL/AFP via Getty Images)

Os três treinadores finalistas para o prêmio de melhor treinador da América, distribuído pelo jornal uruguaio El País, mesmo que define o Rei da América, prêmio de melhor jogador do ano, são Abel Ferreira, bicampeão consecutivo da Copa Libertadores da América com o Palmeiras nos anos de 2020 e 2021, Lionel Scaloni, ex-treinador interino da Seleção Argentina que foi efetivado e conquistou a Copa América de 2021 e Marcelo Gallardo, comandante histórico e multicampeão com o River Plate.

No total, foram oito treinadores propostos por jornalistas esportivos do continente que votaram na premiação. Também receberam votos Juan Reynoso (Cruz Azul), Gustavo Alfaro (Seleção do Equador), Juan Pablo Vojvoda (Fortaleza), Cuca (Atlético Mineiro) e Tite. O treinador da Seleção Brasileira venceu a premiação em 2017, quando foi escolhido o melhor das Américas.

Leia também:

Marcelo 'El Muñeco' Gallardo foi o vencedor nas últimas três edições (2018, 2019, 2020) e vai atrás do recorde de Carlos Bianchi, o maior vencedor da pesquisa, já que conquistou a distinção em 1994, 1998, 2000, 2001 e 2003. Caso conquiste novamente a premiação, Gallardo seria o primeiro treinador da história a triunfar quatro vezes consecutivas.

Brasileiros dominam indicações para o Rei da América

A tradicional premiação do jornal uruguaio El País, que premia o melhor jogador de futebol da América do Sul tem nove de dez jogadores indicados jogam no Brasil. Raphael Veiga, Weverton, Rony e Gustavo Gómez representam o Palmeiras, Hulk e Nacho Fernández o Atlético Mineiro, Gabriel Barbosa, Giorgian de Arrascaeta e Bruno Henrique pelo Flamengo. O único 'gringo' entre os dez é o jovem atacante Julián Álvarez, revelação do River Plate.

O novo Rei da América será conhecido no dia 31 de dezembro, em Montevidéu, quando a votação será finalizada e saberemos qual foi, segundo a escolha de jornalistas esportivos das Américas do Sul e do Norte que estejam empregados em algum meio, seja escrito, rádio, web, streaming ou televisão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos