Abel Ferreira planeja testes em jogos do Palmeiras: ‘Não temos tempo para treinar’

LANCE!/NOSSO PALESTRA
·2 minuto de leitura


Na coletiva de imprensa após a vitória do Palmeiras por 1 a 0 sobre o Red Bull Bragantino na noite desta quinta-feira (5), Abel Ferreira admitiu que fez testes de uma possível formação alternativa da equipe durante a própria partida. Além disso, planeja fazer isso mais vezes, devido à falta de tempo para aperfeiçoar tais soluções nos treinos:

– Sim (fiz testes durante a partida), é um risco que corro. Sei que, ao fazer isso, poderíamos sofrer um gol. Mas não tem outra forma de testar alternativas para a equipe ter outras soluções de ataque. Testar a 'saída de três zagueiros' com Felipe Melo ou Menino, jogar com dois volantes e um na frente, usar o Scarpa na esquerda, entre outras possibilidades… - confessou.

A frequência de jogos, que já costuma ser alta no calendário brasileiro, está mais elevada do que o comum por causa da paralisação de quase cinco meses do futebol nacional devido à pandemia de Covid-19.

À exceção da semana dos dias 23 a 29 de agosto, o Verdão teve sempre dois jogos por semana desde o retorno das atividades, com uma média de somente dois a três dias de intervalo entre uma partida e outra. Por isso, o português lamentou que a solução que lhe resta é testar novas alternativas dentro dos jogos:

– Quem está no futebol sabe que tem que correr riscos e não temos tempo para treinar, esta é a grande verdade. A única forma que tenho de tentar outras alternativas é dentro do jogo - lamentou o técnico do Verdão.

Abel Ferreira coletiva
Abel Ferreira coletiva

Abel Ferreira deu sua primeira coletiva pós-jogo pelo Palmeiras (Imagem: Reprodução/TV Palmeiras)

Além disso, Abel elogiou a atuação de Gabriel Veron, autor do único gol da partida. O jovem de 18 anos saiu do banco após uma contusão do titular Wesley, que teve que ser substituído:

– Eu gosto de falar dos jogadores individualmente, mas eles aparecem no contexto coletivo. Infelizmente, o Veron teve a oportunidade devido a uma lesão do Wesley, mas ele aproveitou bem. Sabemos da qualidade dele, tem muita vontade e muita qualidade, procura cumprir com compromissos coletivos da equipe, porque eles (os jogadores) sabem que, quando temos uma ideia coletiva e nos libertamos dentro dela, o individual aparece. E ele tem muita qualidade individual - afirmou o português.

Com a vitória sobre o Red Bull Bragantino, o Verdão se classificou para as quartas de final da Copa do Brasil e aguarda sorteio para conhecer seu próximo adversário. Pelo Brasileirão, o Alviverde volta a campo no domingo (8), às 16h, para enfrentar o Vasco da Gama, no Rio de Janeiro.