Abel Ferreira lamenta demissão de Renato Gaúcho e confirma Palmeiras reserva contra São Paulo

LANCE!/NOSSO PALESTRA
·2 minuto de leitura


No fim de outubro de 2020, o Palmeiras anunciou o treinador Abel Ferreira e, desde então, o time sagrou-se campeão da Copa do Brasil e da Libertadores. Estas conquistas renderam à comissão técnica palestrina o prêmio CONAFUT, apresentado na última quinta-feira (15). Ao receber a premiação, o técnico do Verdão agradeceu, mas lamentou a cultura do futebol brasileiro, que olha apenas o resultado.

>> Jornal espanhol elege as melhores torcidas do mundo! Confira o top 40

– Infelizmente, os treinadores são avaliados pelo resultado. Não querem saber do tempo que você dedica, do seu trabalho, só querem resultado. Basta olhar o que o Grêmio fez (com o Renato Gaúcho). Nós, treinadores, estamos atentos ao que se passa em todo lado. É sempre bom ser julgado por pessoas competentes. Existem muitos que opinam sem ter conhecimento. É bom ser julgado por quem percebe, quem sabe o trabalho que se faz. Às vezes tomamos as decisões que não são as mais adequadas. Quem decide não pode agir com base nas emoções, o treinador tem um trabalho muito específico, escalar quem merece mais.

Além disso, o português comentou sobre o que esperar do Alviverde nos próximos jogos, inclusive no Choque-Rei da noite desta sexta-feira (16), deixando evidente a sua preocupação com a alta densidade competitiva.

– É uma incógnita. Não sei o que vai acontecer, são 14 jogos num mês. Já tenho três jogadores lesionados. Nunca aconteceu isso no futebol brasileiro (o volume de jogos). Jogamos contra o Defensa y Justicia, três dias depois foi o Flamengo, dois dias depois o Defensa de novo, jogos decidindo títulos. Um dia depois temos um jogo contra o São Paulo, dois dias depois outro jogo, depois a Libertadores. Estou preocupado. Vamos procurar, dentro dos nossos recursos, preparar os jogadores para ter a melhor equipe para competir. Não precisa de muita inteligência para saber que os jogadores que jogaram ontem (Recopa) não podem jogar amanhã (contra o São Paulo).

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O Palmeiras de Abel Ferreira entra em campo, com equipe mista, nesta sexta-feira (16), às 22h (horário de Brasília), contra o São Paulo, no Allianz Parque.