Abel Ferreira explica recusa de proposta do Fenerbahçe: 'Palmeiras é um estilo de vida'

·2 minuto de leitura


Após a vitória do Palmeiras sobre o Sport pelo Brasileirão, Abel Ferreira concedeu entrevista coletiva e comentou, entre outras coisas, sobre a proposta que recebeu do Fenerbahçe, da Turquia. O treinador explicou porque decidiu recusar a oferta e ressaltou sua identificação com o Verdão, repetindo que ser do clube é um 'estilo de vida' para ele.

ATUAÇÕES: Em grande fase, Scarpa dá vitória ao Palmeiras diante do Sport

- Primeiro quero dizer que não foi uma sondagem, foi uma oferta. Dois milhões e meio de euros era o quanto me pagariam para sair do Palmeiras. Posso dizer que tenho trabalho a fazer no clube. Já disse que o Palmeiras é um estilo de vida. Enquanto me sentir bem aqui, eu vou continuar aqui. Também já disse que quando eu for o problema, deixo de ser o problema. Assim como recusei essas ofertas para sair, posso sair pelos meus próprios pés- declarou.

Em seguida, o técnico do Alviverde ponderou sobre o bom início de campeonato da equipe, que chegou à terceira vitória seguida ao bater o Sport neste domingo (4) pela 9ª rodada da competição.

>> Veja a tabela completa do Brasileirão

- Vocês aqui são muito 8 ou 80. Hoje é o maior, amanhã é porcaria. Nós sabemos o que queremos e o que temos que fazer. É uma maratona e eu quero só olhar para a tabela no último jogo. Até lá, muito trabalho de todos. Treinador, jogadores e direção. Todos juntos - afirmou o português.

Abel voltou a criticar o estado do gramado da Ilha Retiro, algo que já havia feito na última partida do Palmeiras no estádio. Além disso, deu apoio às reclamações de Tite e citou que devemos lutar por melhoras no futebol brasileiro.

- O Palmeiras poderia ter matado o jogo com Danilo e Willian. Mas o resultado é fabuloso porque jogamos contra dois adversários. O primeiro foi o Sport, depois o gramado. Deveria ser proibido jogar futebol aqui. Me junto ao Tite. Estou contigo! Se queremos melhorar o futebol brasileiro, temos que melhorar as condições onde iremos jogar - concluiu.

O Verdão vai a campo novamente na quarta-feira (7), às 19h (horário oficial de Brasília), contra o Grêmio no Allianz Parque, podendo assumir a liderança em caso de vitória e outras combinações de alguns adversários.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos