Abel Ferreira dedica vitória a Ramires e desabafa: 'Redes sociais são uma droga'

Nathalia Almeida
·2 minuto de leitura

Em seu primeiro jogo desde o anúncio da rescisão de Ramires, o Palmeiras não se ressentiu da ausência do volante e manteve o grande momento, vencendo o Athletico Paranaense com muita propriedade: 3 a 0, gols de Patrick de Paula e Rony (2), resultado que levou o Alviverde à quarta colocação de momento da tabela de classificação do Brasileirão 2020.

Apesar do momento de tranquilidade e prosperidade esportiva na Academia de Futebol, a entrevista coletiva concedida por Abel Ferreira após o triunfo no Allianz foi marcado por um momento de reflexão e seriedade. Como destaca o UOL Esportes, o comandante português não mediu palavras ao seu perguntado sobre a saída de Ramires, rasgando elogios ao profissionalismo do veterano e detonando as críticas e julgamentos desmedidos direcionados ao atleta nas redes sociais.

"Nós hoje prometemos que iríamos ganhar para o Ramires. Então, o jogo inteirinho é do Ramires. As redes sociais são uma droga. Julgamos as pessoas sem conhecermos. Ramires é um ser humano fantástico. Passou um momento ruim na sua carreira, mas desde a minha chegada, ajudou muito a nossa equipe, e só fez esses últimos jogos porque pedi. Eu ainda acreditava que este 'patinho feio' iria virar 'cisne', mas já era uma decisão tomada entre ele e o clube. Eu o respeito. Ele tem uma carreira absolutamente extraordinária, jogou em grandes clubes da Europa, seleção, títulos... O acordo que ele aceitou, é algo de homem. Eu o admiro como treinador", afirmou.

A vitória por 3 a 0 levou o Palmeiras ao G-4 do Brasileirão com 37 pontos conquistados, a cinco de distância do atual líder, Atlético-MG. O Verdão volta a campo já na próxima quarta-feira, dia 2 de dezembro, para o jogo da volta contra o Delfín (EQU) pelas oitavas de final da Libertadores.