Abel Ferreira comenta peculiaridade do futebol brasileiro: 'Muito emocional'

LANCE!/NOSSO PALESTRA
·2 minuto de leitura


De férias com a família em Portugal após conquistar a Copa do Brasil e a Libertadores no comando do Palmeiras, Abel Ferreira participou do programa Seleção SporTV na última terça-feira (16).

20 motivos para acreditar que o Palmeiras vai seguir faturando títulos nos próximos anos

Entre diversos assuntos, o treinador português comentou sobre os títulos conquistados e até mesmo a prática de demissão de técnicos no futebol brasileiro, sem deixar de ressaltar o talento dos jogadores e o equilíbrio do campeonato nacional:

– Eu acho que o futebol brasileiro é muito emocional, e é por isso que vocês mandam tantos treinadores embora, porque é com emoção. Outra coisa é dizer que vocês por natureza são talentosos. Técnica vocês têm de sobra, os jogos da primeira divisão são muito bons, por isso que o primeiro vai na casa do outro e perde, e o outro vai na casa do primeiro e ganha. Na Série B você vê jogadores muito bons tecnicamente, por isso clubes da Europa vem recrutar no Brasil, porque eles olham algo que só vocês têm, samba nos pés, algo que está no sangue - analisou Abel.

>> Veja a tabela completa do Paulistão e simule os próximos jogos

Sobre sua relação com o Verdão, ele disse haver um casamento entre expectativas e condições oferecidas por ambas as partes, o que resultou nos títulos e na histórica temporada de 2020:

– Felizmente acho que se casou muito bem a filosofia do clube, a forma como o clube pensa. Casou muito bem a pesquisa que fizeram daquilo que seria o perfil, daquilo que seria bom para o Palmeiras e coincidiu com aquilo que eu queria pra mim, porque fizemos três entrevistas, e não foi só um entrevistado. O Galiotte pode confirmar isso, as mesmas perguntas que me fizeram eu fiz exatamente ao clube, que é o que o clube esperava de mim, que condições eu iria ter para corresponder ao que o clube esperava de mim, e portanto, acabou de ser uma aposta ganha das duas partes.

Com ideias inovadoras e humildade no discurso, Abel tem sido elogiado pela postura e pelo conteúdo de suas entrevistas. O treinador ainda não tem data certa para voltar de Portugal, mas tem acompanhado à distância o início de temporada do Palmeiras, participando das decisões tomadas por sua comissão técnica.