Abel Ferreira afirma que vai morar no CT do Palmeiras

LANCE!/NOSSO PALESTRA
·3 minuto de leitura


Abel Ferreira concedeu sua primeira entrevista coletiva como técnico do Palmeiras no início da tarde desta quarta-feira (4). Em uma de suas respostas, o português afirmou que não atravessou o Atlântico para passar férias no Brasil e confirmou que vai morar no CT do Verdão nos próximos meses:

– Tem condições de morar aqui na Academia de Futebol. Atravessei o Oceano Atlântico pra trabalhar, ganhar, ajudar a estrutura e os jogadores a crescer, não pra conhecer a cidade. É minha missão. Minha estadia nos próximos meses será aqui dentro. Não nos falta nada, o clube oferece todas as condições para o trabalho na plenitude. Temos que criar nossa pressão dentro, pra aguentar a pressão de fora. Quem está em um clube como o Palmeiras só pode pensar em vencer, não há outra forma.


O técnico também falou sobre o projeto do Palmeiras em 2020, que contempla a utilização de vários estreantes da base na Série A do Brasileirão:

– No projeto, você tem que ganhar. Agora, temos que perceber o contexto em que chego. A meta que tenho é me adaptar rapidamente a tudo, e o contrário também é verdade: o clube também tem que ter velocidade para me acolher. Sobre o projeto: como vocês sabem, o clube fez uma grande reforma em sua equipe, temos jogadores da base, o Renan e Gabriel Silva treinam conosco, mas a equipe tem uma base de seis jogadores ‘da casa’ que já treinavam conosco diariamente: Veron joga desde o ano passado, Wesley é primeiro ano que está a competir, também há o Danilo, Patrick de Paula, Vinícius, Gabriel Menino, jogadores que experimentam a primeira vez o que é o Brasileirão.

No entanto, o português não se restringiu a falar sobre a base e fez questão de exaltar os jogadores ‘veteranos’ do elenco. Além disso, elogiou o espírito de equipe apresentado na partida contra o Atlético-MG na última segunda-feira (2):

– No jogo de segunda, vi Felipe Melo fazer dez quilômetros de distância com intensidade. Agradou-me muito ver Luiz Adriano voltar à área pra recuperar a bola, esse espírito competitivo. Não há tempo para mudar, com o tempo vocês vão ver a confiança dos jogadores crescendo e isso é pra continuar. Eu falei pra eles que mostraram uma imagem para além da vitória na segunda-feira, mostraram qualidade, organização, espírito de equipe, competitividade. A forma como o Luan celebrava quando cortava a bola me agradou. O jogo não é só com bola, ele é dividido por vários momentos, e o Palmeiras foi muito inteligente, fez o que era necessário quando era preciso atacar ou defender, sempre como equipe. E quando uma equipe trabalha pra conseguir alguma coisa, ela consegue.


Abel Ferreira fará sua estreia pelo Alviverde em um jogo nesta quinta-feira (5), às 19h, no Allianz Parque, contra o Red Bull Bragantino pela partida de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. O Palmeiras possui a vantagem e pode perder por até um gol de diferença para se classificar para as quartas de final.