Abel Ferreira afirma que ‘não há negociação alguma’ por Diego Costa

LANCE!/NOSSO PALESTRA
·2 minuto de leitura


Mesmo poupando diversos jogadores, o Palmeiras conseguiu se impor e goleou o Fortaleza, neste domingo (14), por 3 a 0. Após o confronto, o treinador do Verdão, Abel Ferreira, concedeu uma entrevista coletiva, na qual comentou sobre a possível chegada do atacante Diego Costa, que está sendo especulado no Alviverde.

> Gustavo Gómez celebra vitória como reação aos recentes jogos ruins

– Eu já percebi que qualquer jogador que se fala, é pro Palmeiras que vai. Não contratamos jogadores pro Abel, contratamos pro Palmeiras. A estrutura de futebol em que o Abel está incluído, mas não contratamos pro Abel e nem o Abel dispensa jogadores. Os nomes, quando vêm da Europa, vêm pro Palmeiras, mas garanto que não há negociação nenhuma (com o Diego Costa). Eu olho pros atacantes, assim como para os goleiros, e precisamos ter três centroavantes como temos três goleiros. Precisamos aumentar a competitividade nesta posição. Mas reparei que o Palmeiras acaba sendo uma promoção, muitas vezes dos agentes dos jogadores.

Além disso, o português criticou, mais uma vez, o calendário brasileiro, afirmando que este impossibilitou a possibilidade de título da equipe no Brasileirão.

– Por isso que digo que estes jogadores são guerreiros. É sobre-humano este calendário. Já ouvi alguém dizer que o calendário estava feito para o Palmeiras não lutar pelo campeonato, e, se calhar, em determinada altura, quando eu acreditava que era possível chegar o título, da forma que o calendário foi feito isso era impossível. O Palmeiras, acho, é a equipe com mais jogos. Eu gostava que o presidente da CBF pudesse dizer tudo aquilo que o presidente da FIFA lhe disse. Quem manda no futebol brasileiro tem que ter coragem. Há decisões que se têm que tomar, e perceber que é impossível preparar um mundial com essa densidade. Gostava que o presidente da CBF dissesse o que que o presidente da FIFA lhe disse.

Com a vitória, o Palmeiras de Abel Ferreira chegou aos 56 pontos e assumiu a sexta posição na tabela, empatado com o Grêmio, que possui a mesma pontuação do Verdão. O Maior Campeão Nacional entra em campo novamente na próxima quarta-feira (17), às 19h30 (horário de Brasília9, contra o Coritiba.