Abel diz saber o que fazer para não ser novamente 'surpreendido' pelo Fla

Com foco total no Fla-Flu decisivo de domingo, Abel Braga e o elenco tricolor darão início aos trabalhos nesta terça, às 15h no CT Pedro Antonio, e o experiente técnico já tem em mente o que fazer para não repetir os erros do primeiro jogo da final e conquistar o título estadual, no Maracanã, no próximo fim de semana.

Na visão do treinador, o rival dominou os primeiros 45 minutos e perdeu a oportunidade de liquidar a decisão. Convicto de que sua equipe não repetirá o péssimo primeiro tempo, Abel Braga admite que foi surpreendido pela estratégia do Flamengo no início do clássico.

- Surpreendeu (a marcação alta do Flamengo). Talvez a estratégia deles tenha sido essa, de tentar liquidar a decisão logo no primeiro tempo porque tem um jogo importante na quarta (Flamengo joga pela Libertadores). Não conseguiram - comentou o comandante.

Para reverter o placar e conquistar o sétimo título do Carioca, como jogador e treinador, Abel Braga também cobrará um melhor desempenho ofensivo dos jogadores. O setor, que vem sendo o destaque do Fluminense em 2017, não funcionou no domingo, tanto que Wellington Silva e Richarlison foram sacados na etapa final.

- Eles têm mérito, claro, mas tivemos uma atuação muito abaixo, principalmente com os homens que fazem a bola girar. Nunca vi no primeiro tempo uma movimentação ruim como do Richarlison e do Wellington, foram quase nulos, não queria usar essa palavra. Não vai acontecer duas vezes. Não fizemos o que treinamos.

Para ser campeão direto, Flu terá que quebrar longa sequência rubro-negra

Para conquistar o título do Campeonato Carioca sem a emoção dos pênaltis, o Fluminense precisará vencer o Flamengo, no próximo domingo no Maracanã, por dois ou mais gols de diferença. A missão não é as mais simples e o retrospecto joga a favor do Rubro-Negro, que não é derrotado por mais de um gol de diferença desde o dia 24 de agosto de 2016, ou há 44 partidas.

De lá para cá, o rival do Fluminense soma 16 vitórias, 13 empates e cinco derrotas, todas pela desvantagem mínima (2x1 ou 1x0). Por outro lado, em 2017, a equipe de Abel Braga tem um ótimo desempenho ofensivo, sendo um dos times mais eficientes entre os que disputarão a Série A do Campeonato Brasileiro.

Em 26 jogos, Henrique Dourado, Richarlison & Cia. marcaram 55 gols (média de 2,12 gols/partida). Além disso, o clássico de domingo, vitória por 1 a 0 do Flamengo no Maracanã, foi apenas a terceira vez na temporada que o ataque do Tricolor passou em branco. Para Abel, a atuação ruim, em especial no primeiro tempo, não se repetirá na decisão.

- Está em aberto porque eles deixaram em aberto (a decisão). Eles vão ter que repetir a atuação do primeiro tempo e nós não vamos repetir - afirmou Abelão.

















E MAIS: