Abel deixa o Fluminense com um dos maiores aproveitamentos entre os técnicos da Série A no ano

Abel Braga não é mais técnico do Fluminense (Montagem: Lance! Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE)


Chega ao fim a quarta passagem de Abel Braga pelo Fluminense como treinador. Campeão carioca no primeiro trimestre, encerrando um jejum de nove anos sem conquistar o título estadual, o técnico entregou o cargo após o empate sem gols com o Unión Santa Fe, da Argentina, na última terça-feira, em partida válida pela Copa Sul-Americana.

> GALERIA: Abel Braga deixa o Fluminense: veja técnicos brasileiros livres no mercado

Apesar da conquista recente, o desempenho ruim nos últimos jogos aumentou as críticas em cima do trabalho de Abel, que deixa o Tricolor com um aproveitamento de 70,5%, um dos maiores entre os treinadores da Série A em 2022. Levando em consideração somente os que comandaram suas equipes por mais de 10 confrontos na temporada, apenas Antônio Mohamed, do Atlético Mineiro, com 80,3%, e Abel Ferreira, do Palmeiras, com 76%, aparecem à sua frente.

Em 2022, Abel Braga dirigiu o Fluminense em 26 jogos, ganhando 17, empatando quatro e perdendo somente cinco. Foram 35 gols marcados e apenas 15 sofridos.

MELHORES APROVEITAMENTOS ENTRE OS TÉCNICOS EM 2022
- Apenas treinadores da Série A com mais de 10 partidas pelo clube no ano

1º - Antônio Mohamed - Atlético-MG - 80,3%
2º - Abel Ferreira - Palmeiras - 76%
3º - Abel Braga - Fluminense - 70,5%
Pintado - Cuiabá - 70,5%
5º - Paulo Sousa - Flamengo - 68,3%

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos