Abel confessa frustração, mas elogia reservas após empate no Fla-Flu

O técnico Abel Braga confessou ter ficado com um “gosto de derrota” na boca por ter sofrido o gol de empate no clássico contra o Flamengo, nos acréscimos. Na entrevista coletiva, o treinador disse que o Fluminense fez um segundo tempo perfeito e que merecia sair com a vitória. Abel lamentou o excesso de oportunidades perdidas e disse que as falhas não podem acontecer no jogo diante do Liverpool do Uruguai, quarta-feira, na estréia da Copa Sul-Americana.

“Nós saímos com o sentimento de derrota, mas não posso reclamar. Hoje eles justificaram a confiança que eu tenho neles”, afirmou Abel.

Para o treinador, o time pode tirar lições do clássico. Abel lamentou o fato de ter sofrido o gol do empate, em lance de bola parada, quando tinha um jogador a mais e dominava amplamente.

O comandante do Tricolor ainda disse ter pedido desculpas ao técnico Zé Ricardo, antes do jogo, por escalar uma equipe reserva. “Estamos classificados e vamos enfrentar um jogo eliminatório durante a semana”, justificou.

Abel disse que alguns jogadores da sua equipe nunca atuaram no Maracanã, mas espera que eles entendam que é fundamental concretizar as oportunidades que aparecerem contra os uruguaios. “Não pode ser que nem hoje, que chegamos três, quatro vezes e não colocamos a bola para dentro”, completou.