Abel Braga inicia pré-temporada com quatro desfalques e tem missão de superar desconfiança no Fluminense

·3 min de leitura


Pelo segundo ano consecutivo na Libertadores e cheio de reforços mais experientes, o Fluminense apostou no técnico Abel Braga para 2022. Com Marcão de volta ao cargo de auxiliar, o veterano treinador tem a missão de voltar a fazer um bom trabalho no Rio de Janeiro e superar as desconfianças em torno da contratação. Ele foi anunciado pouco depois do fim do Brasileirão, em movimento rápido da diretoria.

Abel foi o último treinador a conquistar títulos relevantes pelo Flu, em 2012, quando levantou o Campeonato Carioca e o Brasileirão. Houve ainda a Primeira Liga em 2016, mas o torneio não foi para frente e muitos não consideram como importante. Fato é que a seca é longa e o Tricolor quer ser protagonista novamente. Na última passagem, em 2018, o cenário era completamente diferente do atual em um clube que convivia com lutas contra o rebaixamento e crise dentro e fora do campo.

Para este ano, o Flu quer voltar a figurar entre os principais do país. Por isso também o alto investimento nos sete reforços contratados. Deles, quatro já estiveram no CT Carlos Castilho com o treinador: Willian, Mario Pineida, David Duarte e Nathan. O volante Felipe Melo está em isolamento por Covid-19, assim como Germán Cano, que ainda não foi anunciado. Cristiano é aguardado para assinar contrato.

Além dos três já citados, o jovem Luiz Henrique também foi desfalque no primeiro dia de atividades. Ele testou positivo para Covid nos testes feitos com o elenco e foi o único jogador afastado. Os dois reforços devem conseguir se reunir com o grupo ainda nesta semana após cumprirem os sete dias isolados, enquanto o atacante de Xerém apenas na outra segunda-feira. Cabe lembrar que Lucca e Yuri estão fora dos planos. O primeiro vai rescindir para assinar com a Ponte Preta e o segundo nem se reapresentou.

Nathan - Fluminense
Nathan - Fluminense

Nathan se apresentou ao Fluminense (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)

Vale lembrar que o treinador ainda não pode contar com nomes como John Kennedy, Matheus Martins e Wallace, todos mandados para a disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Eles são do elenco profissional, mas foram ganhar mais rodagem. A final está marcada para 25 de janeiro. O Flu já está na segunda fase. Ele também quer observar o Sub-23 para encorpar o grupo.

Se em junho de 2018 Abel pediu para sair por conta do desgaste e da falta de reforços, o cenário atual é mais animador dentro do Flu. O nome do veterano dividiu as opiniões muito por conta dos recentes trabalhos ruins em Flamengo e Vasco, apesar de ter sido vice-campeão brasileiro com o Internacional em 2020.

A primeira semana de trabalhos será com treino integral terça, quinta e sexta-feira. Na quarta e no sábado as atividades são à tarde. O domingo será de folga para os atletas. Vale ressaltar que a estreia no Carioca deve acontecer entre os dias 26 e 27 de janeiro, contra o Bangu. O primeiro jogo do Tricolor na Libertadores será no dia 22 de fevereiro, uma terça-feira, fora de casa, no Estádio El Campín, que fica 2.552m acima do nível do mar, em Bogotá, na Colômbia. A volta é em 1º de março, em São Januário.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos