Abel Braga ganha força no Palmeiras e torna-se o favorito para 2018

Fellipe Lucena, Guilherme Abrahão e Thiago Ferri

Abel Braga tornou-se o favorito a assumir o Palmeiras em 2018. O técnico do Fluminense não garantiu sua permanência nas Laranjeiras e viu seu nome ganhar força na Academia de Futebol, especialmente após Alberto Valentim ser comunicado pelo Verdão que não será o comandante no ano que vem. A situação financeira do time carioca pode ser um facilitador na negociação.

Depois de vencer a Ponte Preta, Abel disse que já recebeu contato de outras equipes e que iria se reunir no fim do ano com o presidente do Flu, Pedro Abad, para avaliar a temporada. Seu contrato vence só no fim do ano que vem e o treinador disse que sua intenção é permanecer, mas não quer passar as mesmas dificuldades de 2017.

De acordo com pessoas ouvidas pelo L!, o Tricolor não deve criar empecilhos na negociação justamente pelos problemas de caixa. A multa de Abel é de dois salários (cerca de R$ 700 mil ao todo), e o Flu vê com bons olhos receber esta quantia. A campanha, também, não foi boa: o time livrou-se do rebaixamento apenas na 36ª rodada.

No Verdão, Alberto completou nove jogos desde que Cuca saiu: são cinco vitórias, um empate e três derrotas. Após um bom início, o time derrapou contra Vitória e Avaí, dois times que lutam para não cair, e perdeu o clássico contra o Corinthians.

Mesmo já garantido na fase de grupos da Libertadores de 2018 e a um ponto do Grêmio, o segundo colocado, o clube decidiu fazer a mudança. Houve uma reunião nesta terça entre a diretoria e Valentim, e nela o Palmeiras ofereceu o cargo de auxiliar técnico no próximo ano. Ele ainda não deu uma resposta, mas a tendência é de que saia do Verdão mais uma vez.

Abel leva vantagem sobre Alberto por ser um técnico mais experiente, e o Palmeiras terminará a temporada sob protestos da torcida, já pressionado para 2018. Roger Machado, outro nome que agrada no clube, está atrás do comandante do Fluminense.

Após a derrota para o Avaí, Valentim recebeu muitas críticas dos palmeirenses e mostrou que sua intenção no próximo ano é seguir a carreira de treinador, no Verdão ou não.

A diretoria palmeirense ainda não se pronunciou oficialmente. Já o estafe de Abel responde que ainda aguarda a reunião com o Fluminense para decidir o que fazer no próximo ano.

- Abel ainda não sentou para conversar a respeito do Fluminense sobre o ano de 2018 e não tem nenhum contrato assinado (com outra equipe) - disse Fábio Braga, filho do técnico e quem cuida de sua carreira, ao L!.















E MAIS: